Sem contar com os ginásios esportivos municipais, o Guarulhense optou por não disputar as competições de diferentes categorias do Campeonato Paulista de Futsal em que estava envolvido. A agremiação do município deixará de jogar neste segundo semestre as categorias Sub-12, Sub-14, Sub-16, Sub-18 e Sub-20. Procurado, o subsecretário de Esporte, Iltonjorge Roque, não se pronunciou sobre o assunto.

“Os campeonatos promovidos pela Federação Paulista de Futsal abrangem todo o estado de São Paulo, o que exige um transporte de qualidade para levar os garotos ao local em que a rodada será disputada, quando o Galo joga fora de casa. Porém, desta vez, não houve um parceiro disposto a fornecer condução aos nossos atletas, o que dificultaria muito a logística da equipe”, declarou o presidente do clube Carlos Fernandes.

Além da logística para deslocamento da equipe de Guarulhos para outras localidades dentro do estado de São Paulo, o dirigente aponta a falta de estrutura oferecida pelo município para que o clube guarulhense possa receber seus adversários. Atualmente, apenas o ginásio Arnaldo José Celeste, localizado na Ponte Grande, reúne condições, porém, foi cedido com exclusividade pela prefeitura para a equipe de vôlei masculino do Corinthians–Guarulhos.

“Sempre tivemos ginásios em boas condições para jogar como mandante, o que não aconteceria neste semestre. A Ponte Grande, que foi reinaugurada em uma partida entre Guarulhense e Corinthians e foi nossa casa no último semestre, não está mais disponível para uso do clube. Os demais estádios da cidade também não, seja por falta de horário ou por reformas, como acontecem com o Thomeozão, João do Pulo e Fioravante Ievorlino”, explicou Fernandes.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here