Em 20 anos, Eniac salta de escola para centro universitário

Referência em inovação e ensino tecnológico, o Eniac demonstra qualidade e compromisso para formar alunos preparados para o mercado de trabalho. Com 35 anos de existência, o grupo surgiu como colégio técnico, se tornou faculdade em 2001 e ganhou o status de centro universitário em 2016.

Mas o Eniac não parou apenas em Guarulhos. Hoje, está presente em dez municípios e, também, em Minas Gerais. Ao todo, são 12 mil alunos, sendo 10 mil no ensino superior, dos quais 8,5 mil em Guarulhos.

“Viramos universidade devido ao crescimento e qualidade” aponta o mantenedor do Eniac, Ruy Gueiros.

No ensino básico, o Eniac já tem educação bilíngue. A aula de inglês não é destinada apenas a ensinar um novo idioma. O aluno aprende outras disciplinas na língua. Além disso, no ensino médio, o estudante escolhe qual itinerário educacional ele deseja. Pode focar em exatas ou adotar uma linha pré-vestibular, ou ainda profissionalizante. O aluno, com isso, se torna protagonista do seu aprendizado.

No ensino superior, o Eniac trouxe pesquisadores para ajudarem os universitários a expandirem seus conhecimentos práticos. A empresa criou ainda o Centro de Inovação Tecnológica Innovation, que é uma organização social, focada em receber projetos de empresas de Guarulhos e do Alto Tietê para apresentar soluções, além de qualificar funcionários.

No mês passado, o Eniac lançou a primeira planta da indústria 4.0 do Brasil, que teve investimento de R$ 2 milhões. A ferramenta vai servir para ajudar a formar profissionais focados na inovação e na tecnologia. Para Gueiros, o centro universitário tem contribuído para capacitar as empresas da cidade. “O Eniac tem sido protagonista”, afirma.