Projeto básico e executivo de VLT entre Guarulhos e ABC segue sem prazo de execução, diz CPTM

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Os projetos básico e executivo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que ligaria a região do ABC até a cidade de Guarulhos, ainda segue sem prazo para a execução, segundo informação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Até o momento, apenas o estudo funcional desta possível linha foi realizado.

“A localização e o número de estações da futura ligação entre o ABC e Guarulhos só serão definidos após a realização dos projetos básico e executivo, sem prazo de execução. A estação em Guarulhos, segundo o estudo funcional, seria a de Guarulhos-Cecap, em conexão com a Linha 13-Jade, o que pode ser revisado a partir de estudos da extensão da Linha 13 até Bonsucesso e de uma análise integrada dos modais existentes e previstos”, revelou a CPTM.

Mesmo sem previsão, caso saía o projeto do papel, essa seria a primeira linha de VLT que passaria pela capital paulista, já que atualmente esse modelo de transporte no estado tem apenas na baixada santista, sendo que o primeiro trecho desse tipo de transporte liga o terminal Barreiros, em São Vicente até o porto de Santos.

Essa possível linha de VLT que seria em Guarulhos seria denominada como 14-Onix, porém, ainda não existe nem um orçamento para uma possível construção. A cidade da região do ABC que ganharia esse tipo de transporte seria Santo André, além de uma possível integração com a Linha-10 Turquesa.

Outro projeto de mobilidade em Guarulhos é a Linha-19 Celeste, que irá ligar a região do Bosque Maia até o Anhangabaú, no qual o Metrô iniciou estudos de Mapeamento de Cadastro de Interferências, com o objetivo de identificar as redes de utilidades públicas de infraestrutura urbana ao longo do trajeto previsto inicialmente.

Foto: Divulgação EMTU