Comissão da Câmara pede mais tempo para avaliar plano de carreira dos GCMs

Assunto: Patrulha Maria da Penha Locall: Paço Municipal Data:23.01.2019 Foto: Fabio Nunes Teixeira

Antônio Boaventura

[email protected]

A novela sobre a implantação do plano de carreira, que prevê mudanças de cargos e salários, para os Guardas Civis Municipais (GCM) continua e sem qualquer prazo para sua definição. Agora, a Comissão de Segurança, da Câmara Municipal, solicitou um período maior para análise da proposta antes de sua aprovação e consequente envio para votação em plenário.

A ascensão dos GCMs foi tema central da primeira sessão parlamentar após o recesso dos vereadores, que aconteceu no dia 1º deste mês. No entanto, a deliberação, naquela ocasião, não pode ser realizada por conta de impedimentos legais previstos no Regimento Interno daquela Casa de Leis.

“Por uma ineficiência no nosso Regimento Interno, que é muito antigo e não atende mais as necessidades do nosso legislativo deixaram de deliberar um projeto de extrema importância, que trata do plano de carreira, cargos e salários dos nossos guardas municipais. Há muito tempo eles esperam pela aprovação desse projeto”, declarou o vereador João Dárcio.

Esta situação de arrasta desde os primeiros meses da gestão do prefeito Guti (PSB). E mesmo com a promessa realizada por Gilvan Passos, secretário para Assuntos de Segurança Pública (Sasp), de viabilizar este processo até o final deste ano passado, o projeto de lei para análise dos 34 vereadores só foi enviado ao Legislativo sete meses depois.