Prefeito Guti planeja lançar um pacotão de obras até final do ano

Wellington Alves

[email protected]

Se a situação financeira da Prefeitura de Guarulhos não é das melhores, isso não quer dizer que a cidade ficará sem investimentos em infraestrutura. Em visita à nova loja da Nike, no Só Marcas, na rodovia Presidente Dutra, o prefeito Guti (PSB) informou que pretende lançar um pacote de empreendimentos até o final do ano.

Na área da educação, a Prefeitura vai inaugurar os centros educacionais unificados (CEUs) Bonsucesso, Continental e São Rafael. Na saúde, o foco é a entrega da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Paraíso, que ficará no lugar do antigo pronto-atendimento do bairro.

No campo da mobilidade urbana, o principal desafio é a conclusão do Trevo de Bonsucesso. De acordo com Guti, a finalização da parte central depende de uma pendência judicial. Além disso, os trabalhos na avenida Santos Dumont também estão avançados.

Já no saneamento, a expectativa é que a Sabesp cumpra a promessa de acabar com o rodízio de água em toda a cidade até o final do ano. Guti pediu para a estatal concluir os trabalhos de expansão da rede de água até o dia 8 de dezembro, aniversário de Guarulhos. “Hoje, mais de um milhão de pessoas têm água todos os dias na cidade”, garantiu.

Apesar das obras em andamento, o prefeito lamentou as dificuldades impostas pela crise econômica, que impedem a execução de mais projetos. “Focamos no que tinha já começado para evitar desperdício de dinheiro público.”

Sobre a reeleição, no próximo ano, Guti afirmou que recebeu convites de migração para vários partidos, mas pode continuar na sigla comandada no estado de São Paulo pelo ex-governador Márcio França. “O que nós temos é o PSB e estamos firmes neste projeto”, disse.

Gestão municipal cobra do governo do estado de SP por obras suspensas

Desde o início da gestão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em janeiro, várias obras previstas para Guarulhos foram suspensas. Entre os projetos que perderam investimentos estão a expansão da Linha 2-Verde do Metrô e a implantação de uma unidade do AME (Ambulatório Médico de Especialidades). Para o prefeito Guti, esses projetos são essenciais para o município.

“Não devemos deixar de cobrar o Governo do Estado pelos investimentos que estavam certos e estão suspensos”, afirmou. Na avaliação do prefeito, os projetos de infraestrutura são os mais importantes para os guarulhenses.

Os projetos cancelados tinham sido previstos pelo ex-governador Márcio França, que é do mesmo partido de Guti, mas foi derrotado por Doria na eleição do ano passado.