Projeto Tear ganha exposição no Parque Shopping Maia

Foto: Márcio Lino/PMG

O Projeto Tear, um serviço da Rede de Atenção Psicossocial da Prefeitura de Guarulhos, está com uma exposição exclusiva no Parque Shopping Maia. Dentre as amostras há produtos e imagens que representam as produções das nove oficinas de trabalho: Papel Artesanal, Mosaico, Jardinagem, Vitral, Tear & Costura, Encadernação, Marcenaria, Culinária e Serigrafia.

A exposição conta com uma grande variedade de materiais, como fruteiras e copos elaborados por meio do reaproveitamento de garrafas, petisqueiras, cadernos, papéis artesanais, cadeiras, banquinhos e casinhas de madeira, bolsas, mantas, peças decorativas de mosaico, camisetas, nécessaires, quadros, entre outros.

“É uma honra enorme ter nossas criações à mostra em um local com circulação de pessoas o tempo todo. Assim, a população terá contato direto com as artes e as obras desenvolvidas pelos nossos participantes, além de conhecer ainda mais sobre esse serviço”, disse a coordenadora de equipe do Tear, Denise Antunes.

O projeto atua há mais de 18 anos em prol da inclusão e da promoção de oportunidades a pessoas em situação de sofrimento psíquico. “Essa é mais uma forma de reconhecimento da importância do Tear como uma iniciativa criativa e inclusiva, e a exposição surge como um espaço de novas contratualidades sociais”, completou Denise.

Simone Aparecida do Carmo, 38, compõe o time do Tear há quase uma década. “Fico muito contente em ver nossos trabalhos exibidos dessa maneira. Atualmente faço parte da oficina de Papel Artesanal e adoro criar pôsteres, marcadores de páginas, bloquinhos e calendários. Antigamente eu ficava presa dentro de casa, não queria sair, não sabia andar sozinha pelos lugares e nem atravessar a rua. Hoje eu já sei bastantes coisas graças a esse projeto”, contou.

“O Tear é a minha segunda família, é muito importante tanto para mim como para os outros integrantes. Se não fosse o Tear eu não viveria, nem os meus colegas. Onde estaríamos? Amarrados, maltratados. Queremos acabar com todo tipo de manicômio e ter nossos direitos respeitados. Quanto mais CAPS [Centros de Atenção Psicossocial] e mais iniciativas como o Tear tivermos, melhor será”, concluiu Simone.

Exposição exclusiva do Tear

Parque Shopping Maia (P3, próximo à Le Biscuit)

Avenida Bartolomeu de Carlos, 230, Jardim Flor da Montanha

Loja

Para adquirir um dos produtos produzidos pelo Tear entre em contato por meio do WhatsApp (11) 95371-1972, pelo Instagram (https://www.instagram.com/projetotearguarulhos/) ou pelo Facebook (https://www.facebook.com/projetotearguarulhos/). O valor arrecadado com as vendas é revertido em bolsa-oficina para os participantes.

Atendimento

Para conhecer os horários de atendimento e os endereços dos CAPS acesse https://www.guarulhos.sp.gov.br/centro-de-atencao-psicossocial-caps. É possível também conversar com um voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV) por meio do telefone 188. O serviço está disponível gratuitamente em todo o território nacional e atende 24h, todos os dias da semana.

- PUBLICIDADE -