Mapa da Violência registra redução nos casos de estupro em Guarulhos

De acordo com as informações apresentadas no Mapa da Violência Doméstica 2019, documento lançado nesta sexta-feira (6) pela Prefeitura de Guarulhos, o número de registros de casos de estupro na cidade diminuiu em 2019 em relação ao ano anterior.

No ano passado foram feitos 336 boletins de ocorrência denunciando a prática de sexo sem consentimento, enquanto que em 2018 houve 352 casos, uma queda de aproximadamente 5%. Destes registros, 55 foram feitos no bairro do Pimentas, 26 em Bonsucesso e 26 em Cumbica.

O arquivo, que pode ser conferido em https://bit.ly/3cBhMnR, também mostra que esses são os três bairros que apresentam maior índice de denúncias de violência contra a mulher. No Pimentas, 930 boletins foram feitos envolvendo lesão corporal, ameaças, homicídios, estupros, violação de domicílio e outros crimes contra a dignidade humana. Os bairros Bonsucesso e Cumbica apareceram em segundo e terceiro lugar, ambos com 560 ocorrências cada.

Já os casos de homicídio apresentaram uma diminuição de cerca de 20%, já que em 2018 foram registrados 102 e, em 2019, 80. Entre os crimes mais cometidos contra mulheres na cidade em 2019 estão ameaçar, aliciar, assediar, instigar ou constranger, com 3.101 casos registrados.

Os números, obtidos no Registro Digital de Ocorrências (RDO) da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, ainda que não representem a realidade da violência doméstica porque muitas vezes a vítima não formaliza a denúncia, são um norteador para as ações da Subsecretaria de Políticas para Mulheres de Guarulhos e outras organizações que atuam na luta contra a violência doméstica.

Em Guarulhos, a Casa das Rosas, Margaridas e Beths – Centro de Referência às Mulheres em Situação de Violência Doméstica, na rua Paulo José Bazani, 47, Macedo, oferece acolhimento, acompanhamento psicossocial e orientação jurídica gratuitamente. Mais informações: 2469-1001.