Contratação de OSC para gerir Restaurante Popular do Macedo representa 47,5% de economia

O Restaurante Popular Coma Bem Zilda Arns, no Macedo, será gerido pela organização da sociedade civil (OSC) Instituto Qualitá por um prazo de um ano. A OSC obteve o credenciamento (Termo de Colaboração, conforme a lei 13.019/2014) na modalidade Serviço de Segurança Alimentar e Nutricional. A medida representa uma economia de 47,5% em relação aos custos de execução direta na modalidade anterior.

O contrato prevê o fornecimento de 600 refeições diárias balanceadas e elaboradas por nutricionista, totalizando 13.200 refeições mensais, ao custo de R$ 5,25 cada, que são pagos pela municipalidade. O cardápio diário estipulado é obrigatoriamente composto de arroz e feijão, salada (pelo menos um item como alface, acelga, almeirão, pepino, escarola, repolho, couve, entre outras), prato principal com um tipo de proteína animal (carne bovina, carne suína, carne de frango, embutidos ou peixe) e guarnição (pelo menos um item como cenoura, batata, polenta, creme de espinafre, macarrão, jardineira de legumes, ovos, cremes e/ou purês de legumes diversos, entre outros).

O Restaurante Popular Coma Bem Zilda Arns fornece à população almoço ao preço de R$ 1, de segunda a sexta-feira, a partir das 12h. Desde meados de março foram adotadas medidas de prevenção à Covid-19, como refeições servidas em embalagens descartáveis para consumo fora da unidade, filas com marcação no chão e disponibilização de álcool em gel para higienização das mãos dos usuários.

O município possui também o Restaurante Popular Coma Bem Josué de Castro, no Taboão, que é gerenciado pela própria administração municipal. Ele oferece almoço pelo mesmo valor e funciona no mesmo horário. Ambas as unidades oferecem café da manhã composto de pão com manteiga ou margarina e café, gratuitamente às 7h30, em embalagens de plástico para consumo imediato.