Eis o SUV inédito da Fiat no Brasil

Durante o último almoço da vigésima primeira edição do Big Brother Brasil, a Fiat finalmente revelou seu novo SUV derivado do Progetto 363. Promovida pela montadora, a ação publicitária dentro do programa também deu detalhes sobre o novo produto, que foi um dos prêmios do vencedor do reality show.

Ostentando um visual mais robusto, o modelo abusa do dinamismo em suas linhas e vincos. Embora seja derivado do Argo, o SUV apresenta um desenho com poucas características que remetem ao hatch.

Na parte da frente, destaque para o conjunto ótico full-LED. Um pouco menor do que no Argo, os faróis acoplam um pequeno filete de LED das luzes diurnas de rodagem. Em síntese, o visual dianteiro herda características da Fiat Strada, em especial os faróis acoplados à grade do radiador.

Por sua vez, a grade tem formato mais ovalado com grades escurecidas na parte interna. O novo logotipo da marca fica posicionado bem ao centro do carro. Mais abaixo, as luzes de neblina vêm envoltas por grandes molduras cromadas que dão uma maior robustez ao utilitário-esportivo.

Além disso, há um novo para-choque em formato trapezoidal que se integra aos para-lamas, formando um só elemento bem interessante visualmente.

Na traseira, as lanternas horizontais se parecem com o desenho das lanternas do Argo. Das laterais, elas invadem a tampa do porta-malas. Na parte de baixo, destaca-se a última peça do novo para-choque, cromada.

Uma vez que o SUV utiliza a mesma plataforma MP1 do Argo e Cronos, alguns itens são herdados da dupla, como é o caso das portas.

Conforme antecipamos no Jornal do Carro, caberá ao público escolher o nome do SUV, por meio de votação on-line. Assim são três os nomes disponíveis: Tuo, Domo e Pulse. A enquete já está no ar e teve início com a votação dos “brothers” confinados no programa.

A Fiat confirmou o uso do novo motor 1.0 turbo GSE no modelo. Ele provavelmente terá o novo motor de três cilindros em algumas versões. Por ora, a potência máxima não foi revelada, mas estima-se que ela chegue perto dos 130 cv.

Caso ultrapasse os 128 cv do motor 1.0 TSI, ele será o motor 1.0 turbo mais potente da categoria. Versões de entrada, entretanto, seguirão com o motor 1.3 aspirado Firefly, que garante até 109 cv e 14,2 mkgf.

Na última semana a marca anunciou que o novo SUV trará a plataforma de conectividade Fiat Connect Me, que estreou há pouco na nova Toro.

Dessa forma, a tecnologia contará com operações remotas do veículo via app, smartwatch ou assistente virtual, como ligar e desligar o carro e travar e destravar as portas.

Por meio do aplicativo da Fiat, o recurso fornecerá dados sobre manutenção do carro e notificará o proprietário com alertas de condução e alertas de suspeita de furto, por exemplo.

Ele poderá realizar chamadas de emergência pelos próprios dispositivos, assim que necessário. Por fim, ele empregará Wi-Fi a bordo. Parceira da Fiat, a Tim será responsável por prover a conexão 4G.

Sem preços ou versões definidas, o SUV deve chegar ao mercado no começo do 2º semestre deste ano.

OUTRO SUV VEM AÍ

Além deste novo SUV, a Fiat terá também outro utilitário para chamar de seu em breve. Derivado do Progetto 376, o modelo terá desenho traseiro no estilo fastback, ou popularmente chamado de “SUV cupê”. Ele será um rival direto do Volkswagen Nivus, mas seu tamanho será maior, com aproximadamente 4,40 metros de comprimento. O Nivus tem 4,26 metros.

Justamente por isso, a carroceria com que o modelo vem sendo flagrado em testes é do Cronos, que é mais comprida que a do Argo.

Como será basicamente uma derivação mais esportiva do Progetto 363, a Stellantis manterá a base MP1 e a parte dianteira da cabine do Argo e Cronos, de quem deriva. Isso inclui as portas dianteiras, para-brisa e toda a coluna “A”. A partir dela o modelo terá um desenho exclusivo, tanto das portas quanto da caída do teto em forma de cupê, que terá o visual extraído do conceito Fastback.

JEEP COMPASS

O Jeep Compass 2022 já está à venda no mercado brasileiro em todas as suas 9 versões, que incluem motores turbo flex e diesel, bem como as edições especiais de 80 Anos da marca. Com preço inicial a partir de R$ 139.990, o novo Jeep Compass atua em uma ampla faixa de preço que vai até os R$ 216.990. Esse é o valor pedido nas versões 4×4 Limited e Trailhawk, ambas com motor 2.0 turbo diesel e câmbio automático de 9 marchas. As nomenclaturas são as mesmas de antes, com a Sport flex na entrada, seguida da intermediária Longitude.

O Compass de entrada tem motor 1.3 turbo flexível da família GSE turbo da Stellantis. Ele tem a sigla T270, cuja numeração representa o torque de 270 Nm, ou 27,5 mkgf. Assim, o 1.3 turbo do Jeep é 2 mkgf mais forte que o 1.4 TSI do Volkswagen Taos, com 25,5 mkgf.