Prefeitura entrega Certificado de Utilidade Pública a 29 entidades de Guarulhos

A Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Guarulhos entregou nesta quinta-feira (07), no Paço Municipal, certificados de Utilidade Pública a 29 entidades da cidade, sendo 22 renovações e sete novos títulos. Com o documento elas podem receber doações oficialmente da Prefeitura e ampliar sua capacidade de atuação, entre outros benefícios.

Para receber o certificado as entidades passam por rigorosa avaliação do poder público, que observa as condições dos locais e se os serviços são de fato oferecidos à população de maneira adequada. A renovação é feita anualmente e o procedimento para que esta aconteça é o mesmo.

As associações que recebem o certificado estão nas mais diversas áreas, por exemplo, esportes, acolhimento, serviços de convivência e casas de repouso. De um modo geral, atuam junto à comunidade, principalmente a mais carente, espalhadas por diversos bairros de Guarulhos.

“O poder público não consegue chegar a todos os locais da cidade; para isso, temos as entidades aqui presentes e outras pelo município que fazem um excelente trabalho com a população”, comentou o prefeito Guti durante a entrega dos certificados.

O Certificado de Utilidade Pública também facilita àqueles que o têm firmar contratos junto à Prefeitura e a empresas, já que é um indicativo que se trata de uma entidade séria e que presta um serviço de qualidade aos que mais precisam de assistência. “É gratificante para nós entregar esse certificado. Há entidades que estão há décadas na cidade e que nunca o haviam obtido”, disse o secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Fábio Cavalcante.

Ele se referiu à Associação Remar do Brasil, na Vila Renata, em Guarulhos há 27 anos e que apenas agora obteve o certificado, tendo solicitado em administrações anteriores. A Remar atua em diversas áreas e atende entre mil e 1,5 mil pessoas em vulnerabilidade social por dia na entrega de cestas básicas, auxílio a dependentes químicos e a munícipes em situação de rua.

“Com esse certificado nosso objetivo é aumentar a capacidade de alcançar essas pessoas, inclusive em outros Estados”, disse Bruno Ribas, diretor de Relações Públicas e Comunicação da Remar – o nome, aliás, refere-se à “reabilitação de marginalizados”. Para facilitar a expansão a outros Estados é importante que a associação receba o Certificado de Utilidade Pública em sua cidade-sede – no caso da Remar, Guarulhos.

A Assistência Social Dom José Gaspar, sediada no Parque Maria Helena, está há 63 anos em Guarulhos e também recebeu o certificado nesta quinta-feira. A entidade trabalha principalmente com assistência a idosos com 65 anos ou mais, mas também realiza um trabalho comunitário naquele bairro. No total, atende cerca de mil pessoas.

“O certificado permitirá a nós expandir principalmente esse trabalho comunitário – queremos que cada vez mais pessoas frequentem a associação”, disse o seu presidente, Reimei Yoshioka. Os frequentadores do Dom José Gaspar vão ao local fazer caminhadas, ginástica e aprender culinária. O local oferece ainda um curso de cuidador de idosos.