Aluna de Guarulhos vence campeonato nacional de literatura em Libras

Foto: Divulgação/PMG

Aluna da Escola da Prefeitura de Guarulhos (EPG) Crispiniano Soares, Jhulya Lima dos Santos, de 12 anos, foi a vencedora do Campeonato Virtual de Literatura em Libras (Língua Brasileira de Sinais) realizado na última quinta-feira (29) pelo canal #CasaLibras no YouTube. A premiação, nacional, é uma iniciativa do Departamento de Psicologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), resultado das ações do Setembro Azul e da Semana da Criança para celebrar as lutas e relembrar a história e vivências da comunidade surda.

A ação envolveu crianças de até 12 anos de todo o Brasil. Foram selecionados os nove melhores vídeos e separados os vencedores em categorias diferentes. Jhulya foi a vencedora da disputa Canção, Expressões e Sentimentos em Libras na categoria Melhor Narrativa pela Criatividade e Incorporação de Personagens. 

O projeto #CasaLibras convidou crianças surdas ou ouvintes para participarem de um campeonato literário com a proposta de fazer um vídeo recontando a música As Expressões Faciais dos Sentimentos, produzida em Libras por Wilson Santos, surdo, formado em letras/Libras pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que conta diversas poesias e histórias em língua de sinais. 

A live de premiação contou com um bate-papo com representantes de escolas públicas com projetos bilíngues, com a participação do professor bilíngue de surdos da EPG Crispiniano Soares, Rafael Miguel, para falar sobre a importância de projetos de literatura infantil que narram e ressaltam o protagonismo dos alunos surdos da rede municipal. Confira a conversa em https://www.youtube.com/watch?v=7XbacHWtfNE. 

“Esse vídeo representa um pouco do trabalho de uma equipe que gosta do que faz e busca de fato a construção da educação bilíngue para surdos da Prefeitura de Guarulhos, além de mostrar o apoio de grandes parceiros, como o projeto Casa Libras. Na pandemia, através do programa Saberes em Casa nossos alunos surdos foram atendidos e provocados a participarem das interações pedagógicas de forma virtual”, destacou Miguel.

O projeto #CasaLibras nasceu na pandemia como forma de produção de entretenimento e conteúdo didático em apoio às crianças surdas, suas famílias e às escolas durante o isolamento social. Seu canal do YouTube divulga produções digitais em Libras resultado do programa de extensão da UFSCar. Para conferir as contações de histórias, desenvolvidas para ajudar na educação de crianças surdas, acesse https://www.youtube.com/channel/UC4M4M30tWnNuAwo5sFCNQiA.