Casos de hepatite apresentam queda de 22% em Guarulhos nos últimos três anos

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Os casos de hepatite apresentaram uma queda de 22% no período correspondente entre os anos de 2016 e 2018, já que no primeiro ano foram confirmados e notificados pelo Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), um total de 172 casos, seguido por 174 em 2017 e 134 no ano passado.

De acordo com a Secretaria de Saúde, em 2016, houve 70 casos de Hepatite B e 102 de Hepatite C. Em 2017, foram 56 casos confirmados de Hepatite B e 118 de Hepatite C. Já no ano passado, foram contabilizados 50 casos confirmados de Hepatite B e 84 de Hepatite C. Neste ano, de janeiro até este mês, foram confirmados dez casos, sendo cinco de Hepatite B e cinco de Hepatite C.

A secretaria informou ao HOJE que os números da cidade não são disponibilizados por bairros. Já o número de pacientes com hepatite no país caiu 7% no período de dez anos, de acordo com dados do Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2019, divulgados nesta segunda-feira (22).

De acordo com o boletim, em 2008 foram registrados 45.410 casos no país, enquanto dez anos depois, houve 42.383 casos. Os números também apontam uma queda de 9% no total de mortes causadas pela doença, caindo de 2.362 mortes em 2007 para 2.156 no ano de 2017. A hepatite além de ser uma inflamação no fígado, pode ser causada pelo uso de álcool ou drogas, além de sintomas como cansaço, febre, tontura, urina escura e vômito.