Prefeitura viabiliza novo local para a feira livre do Jardim Tranquilidade

Antônio Boaventura

[email protected]

O local de realização das feiras livres vem se tornando um grande dilema para o município há alguns anos. Representantes de moradores e Associação do Jardim Tranquilidade, Flamengo e Sindicato dos Feirantes de Guarulhos se reuniram para discutir o futuro do comércio realizado aos sábados, na rua Bezerra de Menezes. A entidade sindical em parceria com a administração pública deve iniciar nesta semana as obras no local que irá receber a feira.

De acordo com informações obtidas pelo HOJE, existe a preocupação da Polícia Militar em relação aos jogos no estádio Antônio Soares de Oliveira serem realizados no mesmo dia da feira livre. Para a PM, os objetos da estrutura das barracas e outros, além de facas e objetos perfurocortantes, que são classificados como arma branca, podem comprometer a segurança naquele local.

“Os moradores estão bastante incomodados com a feira na rua Bezerra de Menezes. O Flamengo precisa utilizar a sua área, que é uma concessão da prefeitura, e em diálogo com a Polícia Militar, eles ressaltam que as facas viram objetos de risco e isso preocupa”, observou Carlos Eduardo, representante da Associação dos Moradores Unidos do Jardim Tranquilidade.

O Sindicato dos Feirantes de Guarulhos, por meio de sua assessoria, afirma que é favorável a mudança do local e ressalta que pode investir em melhorias na infraestrutura local para receber os comerciantes, porém, entende que para tomar esta iniciativa precisa haver segurança jurídica por se tratar de uma área pública.

Já o presidente do Flamengo, Edson David, segundo ata do encontro em que o HOJE teve acesso, a cessão do estacionamento para receber a feira livre pode causar conflitos como possíveis brigas entre torcedores e o descontentamento de moradores da rua Bezerra de Menezes.

Foto: Ivanildo Porto