Após saída de Teich, bairros do Rio registram panelaço e xingamento a Bolsonaro

Assim como aconteceu após a demissão de Luiz Henrique Mandetta, o anúncio da saída do atual ministro da Saúde, Nelson Teich, provocou panelaços imediatos no Rio de Janeiro.

Vários bairros, principalmente da zona sul da cidade, registraram as manifestações, que incluíram gritos de “Fora Bolsonaro”, “canalha”, “assassino” e “genocida”.

Houve registros em locais como Flamengo, Botafogo, Laranjeiras, Cosme Velho e Glória.