Quase 3 mil pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina em Guarulhos

Giovanna Silvério

Quase 3 mil pessoas, que tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 em Guarulhos, não retornaram para que fosse aplicado o complemento da imunização. De acordo com as informações do Banco Vacivida desta quinta-feira (22), são exatamente 2.805 pessoas que não chegaram a tomar a segunda dose da imunização. Até o momento foram aplicadas 180.137 doses da vacina no município.

Nesta quinta-feira (22), a cidade registrou 61.084 casos confirmados de coronavírus, sendo que 57.019 pessoas se recuperaram da doença. Foram registrados 3.280 óbitos, além de outros 16 em investigação.

A taxa de cura está em 93,35% e de letalidade em 5,37%. Já as taxas de ocupação de leitos de UTI em hospitais públicos de Guarulhos é de 87,9% e de leitos de enfermaria de 77,5%.

O aumento no número de pessoas que ainda não tomaram a segunda dose é preocupante, pois é preciso completar o esquema vacinal para ficar efetivamente imunizado contra a doença.

A recomendação é que a dose de reforço da CoronaVac seja aplicada 28 dias após a administração da primeira. Já a Oxford/AstraZeneca, o indivíduo deve retornar em 90 dias. A informação sobre a data de retorno para aplicação da segunda dose está contida no cartão de vacinação do imunizado.

Para alertar o público sobre a importância de finalizar o processo de imunização, o Vacivida encaminha mensagens de texto para o celular dos faltantes convocando os mesmos para finalizar o ciclo que assegura a imunidade.

Quem não completa o esquema vacinal está mais sujeito à infecção, em comparação com pessoas que recebem as duas doses. Até por isso, esse indivíduo não contribui tanto para o controle da circulação do Sars-CoV-2. Esse é um problema ainda maior em um cenário onde a maioria das pessoas segue sem acesso aos imunizantes.