Guti pede mais vacinas contra a covid-19 ao ministro da Saúde

O prefeito de Guarulhos, Guti, esteve em Brasília nesta terça-feira, para algumas reuniões junto a representantes do Governo Federal. No início da tarde, em audiência com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ele solicitou mais vacinas contra a Covid-19 para Guarulhos. Até o momento, o município já aplicou 585.041 vacinas, sendo 462.544 primeiras doses, 112.480 segundas e 17 únicas.

Segundo Guti, o objetivo é imunizar o mais rápido possível toda a população de Guarulhos, para criar um grande cinturão de proteção em torno do Aeroporto Internacional de São Paulo, principal porta de entrada de novas variantes no Brasil. O encontro foi marcado pela deputada Mariana Carvalho, de Rondônia, que entendeu ser de suma importância o pleito guarulhense.

Em maio, quando um passageiro proveniente da Índia, que passou pelo Aeroporto de Guarulhos, antes de se dirigir ao Rio de Janeiro, teve confirmada a infecção pela variante delta (indiana) do novo coronavírus, Guti solicitou ao Governo Federal medidas mais efetivas de controle sanitário para quem chega ao país, o que poderia incluir até o fechamento do espaço aéreo para voos internacionais. Também solicitou ao Ministério da Saúde o reforço no envio de doses para complementar a imunização de toda a população.

Até o momento, cerca de um terço dos guarulhenses recebeu pelo menos a primeira dose da vacina. “Caso recebamos as doses suficientes para imunizar toda a população, a exemplo do que ocorreu nas cidades de Botucatu e Serrana, no interior de São Paulo, em caráter experimental, Guarulhos pode se tornar o primeiro grande município brasileiro a criar esta importante barreira sanitária, o que irá ajudar a impedir a proliferação do vírus para outros estados brasileiros, já que aqui é a principal porta de entrada do Brasil para o mundo”, ratificou Guti.