Caso do garoto Kauã segue indefinido

O garoto Kauã, de apenas 1 ano e seis meses, e não 2 anos, como citamos em reportagem anterior, foi sequestrado na última segunda-feira, em frente a sua casa. A criança brincava com a sua mãe, que saiu para verificar a máquina de lavar roupa, e quando retornou seu filho não estava mais no local.

Segundo HOJE apurou, há testemunhas que apontam uma mulher que levou a criança, e a testemunha que estaria na praça em frente a casa, teria visto essa suposta mulher levando a criança e pensado que seria a mãe dela.

A criança também foi vista em um ônibus, mas até o momento, as informações sobre a ocorrência são poucas, e a família até lançou uma campanha de quem possuir a informação concreta de onde está a criança, terá uma recompensa no valor de 1000 reais.

Reportagem: Ulisses Carvalho