Polícia Federal cumpre mandado contra o terrorismo em Guarulhos

A Polícia Federal batizou de “Operação Hashtag”, a apreensão de dez pessoas por suspeitas de terrorismo. Dentre esses mandados, quatro foram na cidade de São Paulo, entre Zona Leste, Campinas, Amparo e Guarulhos, que contou com uma apreensão e uma condução coercitiva, quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento. A assessoria da Polícia Federal não informou maiores detalhes a respeito do guarulhense suspeito pela ligação com o terrorismo.

Os quatro detidos já estavam no Aeroporto Internacional de Guarulhos a 13h30, no qual embarcaram em um avião da Polícia Federal às 15h. O destino de onde eles estariam presos e prestando depoimento, não foi divulgado pela assessoria da PF.

O número maior de prisões foi em São Paulo, mas também ocorreram no Amazonas, no Ceará, na Paraíba, em Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná e Rio Grande do Sul, em um mandado expedido pelo juiz Marcos Josegrei da Silva, da 14º Vara da Justiça Federal do Paraná.

Reportagem: Ulisses Carvalho