As vendas de eletrodomésticos e eletrônicos tiveram queda de 47% em Guarulhos. Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP) este setor varejista registrou no mês um faturamento real de R$ 95 milhões. Os dados são do mês de junho.

Já considerando todos os nove setores, a queda foi de apenas 0,3%, faturamento de R$ 2,6 bilhões. No primeiro semestre do ano houve retração de 0,8%, e nos últimos doze meses a queda foi ainda mais acentuada (4,2%). Em contrapartida, os segmentos de supermercados (9,5%), outras atividades (9,1%) e farmácias e perfumarias (9,1%) registraram os melhores desempenhos do varejo regional.

O faturamento real do comércio varejista do estado de São Paulo voltou a crescer em junho e atingiu R$ 46 bilhões, com elevação de 2,2% na comparação com o mesmo mês de 2015. No acumulado do ano, porém, houve retração de 1,8% e, em 12 meses, a queda foi de 5,5%.

Entre as 16 regiões analisadas pela Federação, além de Guarulhos, apenas Osasco (-6,7%) e Bauru (-0,7%) não apresentaram crescimento no faturamento em relação a junho do ano passado. Os melhores desempenhos foram vistos nas regiões do Litoral (8,7%), de Araraquara (7,8%) e de Marília (7,3%), que ajudaram a elevar o resultado estadual.

Das nove atividades pesquisadas, cinco registraram crescimento em junho na comparação com o mesmo mês de 2015. Os destaques positivos ficaram por conta dos setores de farmácias e perfumarias (10,2%), supermercados (6%), lojas de vestuário, tecidos e calçados (5,7%) e outras atividades (4,3%), que juntos, colaboraram com 4,1 para o resultado geral.

Reportagem: Gustavo Druzian

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here