Paulo Skaf declara apoio à candidatura de Eli Corrêa à Prefeitura de Guarulhos

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e uma das principais lideranças do PMDB, Paulo Skaf, declarou ontem apoio à candidatura de Eli Corrêa Filho (DEM) a Prefeitura de Guarulhos. Segundo Skaf, o democrata reúne todas as características necessárias para administrar o segundo maior município do estado.

“Estou muito feliz, não só pela coligação, mas é um prazer pessoal apoiar o Eli Corrêa que será o próximo prefeito de Guarulhos. O PT já deu muito prejuízo e não é possível que vamos entregar a segunda maior cidade de São Paulo nas mãos deles de novo. Eu tinha que vir aqui pessoalmente para dizer que estamos juntos”, disse Skaf durante reunião ontem do PMDB realizada no Hotel Slaviero.

O apoio foi recebido com muita gratidão pelo democrata que ressaltou a importância da aliança. “Skaf é um visionário político. Eu me espelho nele e fiquei muito feliz com esse apoio. Faremos uma bela dupla eu como prefeito de Guarulhos e ele como futuro governador”, destacou Corrêa.

Já José Pereira dos Santos, presidente licenciado do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região e vice na chapa de Eli, destacou a necessidade de investimentos no setor industrial da cidade. “Temos que voltar a indústria para Guarulhos. É necessário fazer a cidade crescer de forma mais organizada. Por isso não queremos um projeto de partido e sim um projeto para mudar a nossa cidade”, afirmou.

O encontro foi organizado pelo diretório municipal do PMDB, sob a presidência de Rabih Khalil e com a presença de diversos candidatos a vereador pela sigla, além de empresários da cidade. “Somos todos iguais e é um grande prazer recebermos o Skaf. Temos orgulho por quem trabalha por um estado mais justo e também por Guarulhos que não pode estar na situação em que se contra”, disse Khalil.
Nacional – Quanto a atual situação do Brasil, Skaf ressaltou a importância da união de todos para que o país se recupere da crise financeira que enfrenta. “O Brasil está precisando agora de união. Temos que estar unidos com o interesse da sociedade brasileira. Se fez um grande estrago no país, agora precisamos estar unidos para enfrentarmos tudo isso”, afirmou.

Reportagem: Gustavo Druzian
Foto: Rosana Ibanez