Eu não fiz e não farei qualquer tipo de troca por apoio, afirma Eli Corrêa

O candidato à Prefeitura de Guarulhos, Eli Corrêa (DEM) destacou ontem que novas alianças podem acontecer para a disputa deste segundo turno. No entanto, sem que nenhuma troca partidária, como o comando de secretarias, seja realizada. O prefeiturável recebeu 135.134 votos válidos no último domingo (2) e disputa agora o Paço Municipal com Guti (PSB), que obteve 208.591 votos.

“Há uma sinergia de todo o estado a favor da nossa candidatura e eu preciso de apoio de outros partidos, e já estamos em conversas. Se esses partidos entenderem que para o melhor de Guarulhos nós precisamos olhar para o futuro, para o amanhã e colaborar com a cidade, sem troca em relação à secretaria ou qualquer espaço, vão estar ao nosso lado”, destacou Eli Corrêa durante coletiva de imprensa, juntamente com seu vice José Pereira dos Santos (PDT) e todos os presidentes dos partidos que compõem a coligação “Muda Guarulhos”.

Ele destacou que será a mudança que os guarulhenses procuram. “Nós caminhamos porque temos um objetivo e uma meta a ser cumprida. Guarulhos está abandonada de serviços públicos, mas também carece de uma marca e identidade. Eu trago a esperança de uma nova política e de um mundo novo”, destacou Eli Corrêa.
O democrata fez uma boa avaliação de sua campanha no primeiro turno, destacando os constantes ataques que sofreu dos adversários. “Antes de ser deputado existe um caráter e uma essência que ninguém tirará de mim. Esses ataques não fizeram e não nos fará abaixar a cabeça. Temos uma meta a ser atingida e eu garanto que vamos conseguir. Traremos a qualidade de vida para o cidadão que nasceu ou que adotou a cidade”, disse.

Reportagem: Rosana Ibanez
Foto: Ivanildo Porto