Alimentador de linha de produção foi à profissão que mais empregou guarulhenses neste ano. Segundo levantamento do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a área responsável por organizar e abastecer máquinas e linhas de indústrias gerou 5.507 vagas de janeiro a outubro de 2016.

O número é 7% inferior ao registrado pela pasta no ano passado. Conforme dados da pesquisa, foram 5.984 pessoas empregadas nessa área em 2015. De acordo com o levantamento da consultoria de recrutamento Page Personnel do ano anterior, à demanda por profissionais com formação técnica em indústrias aumentou 15%, o que inclui os alimentadores de produção.

Segundo a gerente de consultoria, Daniela Guimarães, empresas que antes terceirizavam o serviço de manutenção, requisitado apenas diante de problemas, perceberam que é mais vantajoso ter técnicos em tempo integral.

Saindo da terceira para a segunda colocação no ranking, o auxiliar de escritório em geral alcançou 4.327 vagas neste ano, uma queda de 17% em relação ao ano passado, quando existiam 5.263 vagas nesta ocupação.

A terceira carreira mais empregatícia de 2016 foi de vendedor de comércio varejista. O ofício gerou 4.184 vagas de emprego, uma diminuição de 23% contra os 5.439 recolocações no mercado de trabalho de 2015.O levantamento mostrou ainda o quadro de emprego classificado por grau de instrução.

Reportagem: Leticia Lopes

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here