Share
Médicos de Guarulhos divulgam carta aberta ao prefeito e ao secretário de saúde em resposta as ações de fiscalização

Médicos de Guarulhos divulgam carta aberta ao prefeito e ao secretário de saúde em resposta as ações de fiscalização

A nota de repúdio do Simesp diz que o prefeito e o secretário de saúde tiveram condutas intimidadoras durante as fiscalizações nas unidades de saúde

O Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp), divulgou nesta terça-feira (7), uma carta aberta de repúdio para o prefeito Guti (PSB), e o secretário de saúde, Roberto Lago, condenando as ações dos dois devido a supostas condutas que teriam intimidado funcionários durante as fiscalizações realizadas em fevereiro no Pronto Atendimento Maria Dirce e na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Segundo Eder Gatti, presidente do Simesp, o prefeito está querendo fugir do foco do problema de saúde na cidade, cujo maior responsável é tanto o gestor municipal atual, quanto o prefeito anterior, Sebastião Almeida. “Quando eles acusam os médicos, estão fugindo da sua própria responsabilidade e o Simesp não admite que os médicos e demais profissionais sejam usados dessa forma”, finaliza.

Confira a carta aberta na íntegra dos médicos do município de Guarulhos ao prefeito Guti e ao secretário de Saúde Roberto Lago:

Senhores prefeito e secretário,

No dia 10 de fevereiro, nós, médicos de Guarulhos, ficamos estarrecidos com a exposição desnecessária, gratuita e midiática em ações de fiscalização ocorridas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São João e no Pronto Atendimento (PA) Maria Dirce. Ações essas que foram divulgadas nas redes sociais.

O que se viu foi uma total falta de respeito aos funcionários dos serviços, com difamação da reputação de médicos em uma atitude desrespeitosa. Nossos colegas e os usuários da internet puderam assistir às cenas de opressão, constrangimento e consternação dos presentes. Mesmo se esse fato não fosse transmitido em redes sociais, já seria suficientemente grave para nos causar repúdio.

Após a divulgação dos vídeos no Facebook e no Youtube, ocorreu uma verdadeira campanha de desvalorização dos profissionais envolvidos, que foram expostos e se sentiram constrangidos pelo efeito catastrófico da publicação que incitou o ódio da população contra os profissionais, com comentários jocosos e desrespeitosos. Houve a generalização de toda uma categoria profissional. Mesmo trabalhando sem receber os salários, em condições precárias sem equipe de limpeza e de segurança, com falta de materiais e de insumos básicos, somos constantemente insultados.

Nós, médicos, trilhamos um duro caminho para atingir o objetivo de atender nossos pacientes da melhor forma possível, mas são necessárias condições mínimas para que isso ocorra. Somos cobrados pela sociedade por resultados imediatos, mas não temos as ferramentas necessárias para tal. Atendemos uma demanda infinitamente superior à ideal em todos os níveis de atenção e isso certamente compromete a qualidade da prestação de serviços. Muitas vezes somos cobrados por produtividade em detrimento à qualidade de atendimento, movidos pelas diretrizes e repasses financeiros entre as diferentes esferas de governo.

Nos posicionamos terminantemente contrários à exposição da imagem de qualquer profissional médico em seu exercício profissional, bem como a divulgação de seus nomes em qualquer tipo de mídia por parte da prefeitura. Esperamos que situações semelhantes não sejam reincidentes, e desejamos, assim como o escárnio foi público, que a retratação também seja.

Espera-se do senhor secretário de Saúde que procure se empenhar em melhorar os padrões dos serviços médicos e em assumir sua responsabilidade em relação à saúde pública, à educação sanitária e à legislação referente à saúde. Também se espera que seja solidário com os movimentos de defesa da dignidade profissional, seja por remuneração digna e justa, bem como por condições de trabalho compatíveis com o exercício ético-profissional da medicina e seu aprimoramento técnico-científico.

Contamos com a colaboração de vossas senhorias para mantermos nosso trabalho baseado nos preceitos éticos, considerando as necessidades de nossa população em primeiro lugar. Acreditamos em uma gestão que respeita as características singulares de cada território do nosso populoso município. Também esperamos uma gestão que seja baseada no diálogo com os profissionais da rede, cujas considerações e vivências não podem e não devem ser ignoradas.

59 Comentários neste post

  1. Osvaldo de Almeida

    o senhores acham normal ficar seis horas e meia na policlinica do paraventi e quando chega a sua vez a medica dis para a enfermeira passa os meus passientes para o medico que eu vou no hmu acompanhar um passiente , e um descaso agora quando aparece o prefeito e o secretario da saude ai acham que e abuso eo juramento que fiseram ficou no esquecimento……………

    Responder
    • Talvez o senhor não saiba mas além de dar atendimento aquela quantidade de pacientes que o senhor pode ver, também precisam acompanhar pacientes graves nas ambulâncias para transferência aos hospitais próximos. Portanto mais uma vez há aqui um problema de saúde pública e cabe as autoridades resolverem. Quanto a médica apenas está ali cumprindo as ordens das quais foi contratada. Mas não é capaz de se multiplicar. Portanto é o que temos para hoje. Vamos torcer para essa nova equipe mudar essa realidade. Mas não será expondo médico.. enfermeiros … é técnicos que vai promover melhora na saúde pública. Precisa pagar os salários dos profissionais que sustentam suas famílias também. E colocar uma quantidade adequada de profissionais para atender a população.

      Responder
      • Rosângela

        E também não tem educação com as pessoas só estão provando do próprio veneno é assim que nós população sentimos constrangidos da_lhe GUTTI SHOW PARABÉNS

        Responder
      • O Hospital Estela Maris ñ tem médico p fazer ultrassom de TIREÓIDE .A diretoria teve a gentilleza de me pedir p aguardar quem sabe mais 4 meses ?

        Responder
  2. Silvana

    Acho engraçado eles se sentem ofendidos quando alguém defende nos dá população mas quando vamos ao médico e eles não se dão ao trabalho nem de olhar para o nosso rosto não podemos ficar indignados temos que nos conformar se não estamos recebendo achem outras formas de cobrar e não descontar na população pensem bem se você alguém de suas famílias que fosse lá pra ser atendido com dor passando mal e os médicos não estão lá pensem bem um filho uma mãe ahhhhhhh esqueci vocês usam só hospital particular a população que se dane palhaçada isso

    Responder
    • Simone Porto

      Apoiadissimo … quando a corda começa apertar o pescoço destes medicos folgados começa a história de terem sido ofendidos …. Ofendidos somos nós q morremos de dor esperamos pir horas e quando nos atende nem para nossa cara olha

      Responder
  3. Alberio Pereira da Silva

    Se esses médicos de fato comprise seu horário nada disso estaria acontecendo por isso Parabéns para o prefeito guti graças a Deus que esse filho de Deus ganhou

    Responder
    • Antônio

      engraçado essa nota de repúdio,agora ficar fazendo hora para atender a população,atender mal a população sim porque ninguém tem culpa de certos médicos virem atender UPA ou PA com 24 horas viradas de outro plantão em outro hospital,e isso não causa repúdio ao Simesp né.

      Responder
    • Cristina nascimento

      Boa Adalberto concordo que há muitos problemas na saúde mas o que se vê é médicos tratando pacientes como bichos sem paciência e muitas vezes o diagnóstico é errado dado a falta de interesse deles em tratar os doentes apoiado prefeito Guti

      Responder
    • Grande bobagem. A prova disso é a de quando o prefeito chegou nas upas, todos os profissionais estavam lá trabalhando mesmo de maneira precária e mesmo ainda sem se quer estar recebendo seus salários. O senhor faria isso para o seu patrão. pois bem aqueles profissionais estavam ali exatamente por conta da população que sabem bem o quanto precisam de atendimento. Agora presta atenção. ELÊS NÃO FAZEM MILAGRES. Não podem atender uma enorme população como àquela ao mesmo tempo que teriam que limpar e desinfetar salas e corredores de pacientes doentes graves que poderiam infectar nossos filhos que estariam também ali dentro.
      Gente por favor sei como são alguns médicos assim como sei qualquer profissional não interessado em fazer o seu melhor… Agora julgar aqueles médicos e enfermeiros e técnicos como o nosso prefeito fez,,,, me assusta muito. Votei nele pois acreditei na inovação, porém estou muito assustada pq se mostrou ser um menininho imaturo e mimado que acha que administrar é ganhar as coisas no berro… gritos …. com soberba como o nosso prefeito fez ali.
      QUERO deixar uma pergunta ????

      Quem de fato ele estava achando ali que estava se sentindo DEUS ?????
      Será que era mesmo aquele médico que apenas cumpriu ordens da fundação ABC para que fechasse as.portas pq ali já não tinha a empresa tercearizada de segurança e limpeza trabalhando o que tornaria o trabalho deles impossível de ser realizado ou o prefeito que pelo fato de ter ganhado as eleições se sente no direito de gritar, humilhar como vi no vídeo. aquilo foi a cena do horror com trabalhadores que se quer havia recebido seus salários para estar ali e aquele era o próprio patrão que não havia pagado esse salário aos seus funcionários. Uma perfeita ESCRAVIDÃO. o dono de seus escravos empunhando em suas mãos o peso de seu chicote. PURA humilhação.

      Responder
      • Roberta

        Mesmo quando estavam recebendo seus salários não faziam o trabalho de maneira respeitosa e digna por muitas e muitas vezes passei no upa e o médico nem olhou na minha cara.
        Passei minha filha que tinha caído e batido o nariz e a médica se negou a pedir um raio x e tive que pedir para a assistente social pedir e mesmo assim a profissional como vc diz se negou a avalia-lo tive que ficar 4 horas esperando chegar outro médico para avaliar e minha filha estava com o nariz quebrado para mim os tais profissionais que vc diz a maioria são uma grande porcaria e foi para bens para o prefeito por estar fazendo seu papel

        Responder
      • Eduardo Rodrigues Leonardi

        Vc diz isso pq não utiliza o upa do são João, constantemente as pessoas passam horas e horas ali para serem atendidas e muitas vezes são humilhadas e mal tratadas, a começar pelos tercerizados que são os seguranças e na grande maioria de médicos que nem olha pra vc e nem te examina e já sai dando receita. E sem contar muitas vezes pessoas com dor e gemendo não são atendidas. Pode até ser que o gutti como vc diz tenha exagerado um pouco, mais só assim pra ver se resolve, aí te pergunto em oito anos qnts vezes vimos a cara de seu Sebastião Almeida nas ruas para resolver os problemas de nossa cidade, eu pelo menos nunca vi. O gutti errado ou certo só o tempo dira, mais pelo menos em três meses de mandato já vez bastante coisa, e o Almeida vez o que moça. Outra o gutti nesse episódio só estava cobrando uma coisa justa, porém já tinha feito o repasse das verbas da terceirizada e se mesma não tinha repassado para seus funcionários o que nós população e o prefeito gutti temos a ver com isso. Indignação total com certos comentários, povo vamos correr atrás do que é certo e procurar nós informar mais e acompanhar o dia a dia de nossa cidade e parar de ficar postando tanta bobagem. Pronto falei….

        Responder
      • Jossineia Palmito da silva

        E o que você diz sobre os médicos que bateram o ponto e foram para casa, ou sabe la para onde? Sobre os que estavam dormindo enquanto o povo sofria?

        Responder
    • Que grande bobagem. Não sabe o que está falando e wsta julgando enquanto isso está perdendo em cobrar a quem de fato de direito. Eles chegam todos em seus horários e são cobrados por isso. Será que não encherá que a miséria de profissional que a prefeitura disponibiliza para fazer tudo não dá conta do fluxo de pacientes para aquela região? ??????

      Responder
      • Antonio Balzano Filho

        Pede pra sair! Abandona o “osso”! Qualquer trabalhador descontente tem o direito a se desligar do “mau patrão”!

        Responder
  4. Sei que o prefeito guti assumiu agora, mas é uma vergonha uma cidade do porte de guarulhos tratar a sua população com tanto descaso.
    Não atendem os moradores do vila Alzira no ubs cumbica 1 pois dizem que não tem médico.
    Os moradores do santa clara estão largados.

    E não só ma saúde , mas também no Transporte é um descaso o bairro vila alzira.
    Guti por favor nos ajude , vila alzira pede socorro.
    Transporte pra Arménia , e tira esse micro onibús LiXo

    Responder
  5. Cristiane

    Com desrespeito à população, antes e durante o atendimento médico ninguém se incomoda.
    Tem falha sim nos Postos de saúde e hospitais, porém o atendimento independe disso.

    Responder
  6. Marcelo

    É mas ninguém assume que existe alguns médicos não estou generalizando, que chega no hospital bate o ponto e da meia volta e vai atender em clínica particular, enquanto isso o usuário do sus fica morrendo de esperar pra ser atendido quando é atendido e esses casos saiu até em rede nacional o repórter acompanho vários com salários altíssimo deixando de cumprir suas responsabilidades, agora o cara pega médico dormindo na hora do trabalho e ainda é errado de chamar a atenção, fassa me um favor viu.

    Responder
  7. Aline Soares de Lima

    Vcs deveriam era ter vergonha na cara ,realmebte não podemos generalizar porém o novo prefeito fez o seu trabalho ,vcs não se sentem ofendidos quando nos deixam esperando e vai dormir e o tempi que gastam formindo estão sendo pagos pela própria população que é a que eapera do lado de fora vcs tirarem o sono da beleza ,o descazo quando estamos sentindo dor e só sabem dar o mesmo medicamentos pra virose e dor no pé e qualquer que seja o que a pessoa sente ,cono vcs acham que a população se snte e a gente recorre a quem aqueles sim que ezcolhemos ora trabalhar em nosso favor e não a favor da minoria que acha que está acima do bem e do mau ,vcs são pagos para trabalhar con nosso dinheiro e não pra ficar dando show por estar constrangido por não cumprir seu papel quem eatava a trabalhar direito acredito que não se sentiu constrangido ,não quer tfabalhar mude de profissão, foi vc quem aceitou o emprego vc quem escolheu sua profissão.

    Responder
  8. Se a moda pega, imagina se todo cidadão Guarulhense mandasse uma carta aberta…..meu Deus, …..reclamar do que? Vc chega ao um hospital público e te atendem tão bem….como se tviessem fazendo um favor…..VCI passa com o médico e geralmente mal olham para vc…..aí você recebi uma lista de remédio e vai até a farmácia do hospital e nunca tem nada…..aí povo como vcs reclamam,né? E a toa….kkkkkkkkkkk

    Responder
  9. Laudecir Aparecido de Almeida Santos

    Um absurdo …Brasil é sem sombra de dúvidas um país que não se pode levar a sério! Constrangidos ficam a sociedade diante de um desrespeito desses…infelizmente mais vale dinheiro no bolso que a vida alheia salva! Esta bem oh sindicato!. ..Parabéns e a sociedade que morra ! Parabéns! Que desrespeito não é. …

    Responder
  10. José Agripino

    Quem não deve não teme .. se esta trabalhando direito não será chamado atenção. O Brasileiro ta muito mal acostumado, quando chega alguém que realmente cobra ainda ficam bravos.. Façam valer o salário de vocês.

    Responder
  11. Kleyton

    Repúdio tem a sociedade da forma que é tratada . E vem essa associação falar que repudia o ato do prefeito em fiscalizar o atendimento à população . Não é a primeira vez que vemos esse tipo de relato , já foram inúmeras , e pelo andar não será a última . Acorda Brasil .

    Responder
  12. Gilmara xavier

    Isso aí SRS médicos e categoria obg por se manifestarem, se prefeito GUTI bora trabalhar quer um conselho ,comece pelo hospital geral q na minha opinião é o hospital de guarulhos ,tem que atender acidentes graves,atender preso “q isso eu n suporto”,maternidade, ambulatório,UTI adulto é infantil é o hospital está largado,n tem material ,desde dezembro estou direto indo até lá e vou te falar ta difícil desse povo trabalhar.e outra precisa de médicos ,cade aqueles q saíram daqui pq estavam sem receber ?Recontrate,-os por favor de atenção só um pouco nessa área ….Mandei um e-mail tbm q nem foi lido tenho certeza…

    Responder
  13. Rodrigo

    O problema da saúde em Guarulhos é muito maior do q alguns funcionários q não trabalham, isso na verdade é a consequência de um desgaste de anos da falta de estrutura q a cidade oferece pra trabalhar. Guarulhos tem uma rede de atendimento para atender uma população de 100mil pessoas, mas a população total dá cidade é de mais de 1,5 milhão, portanto a conta nunca fechará. É impossível atender a todos com essa estrutura precária. Ou aumenta a oferta de UBS, Cemegs e hospitais perfeitamente equipadas e com todos os insumos necessários, ou a situação só irá piorar. E a exposição desnecessária de funcionários, como se a culpa fosse deles só piora o clima organizacional e joga a população contra estes funcionários q tanto se dedicam com oq tem disponível pra tentar atender o máximo de pessoas possíveis.

    Responder
  14. Se o prefeito que é o administrador da cidade não pode fiscalizar os médicos, quem pode?

    Responder
  15. Sabemos que..isso de fato..nao confere…a veracidade…é que os médicos..fizeram..de oprtunidade para desculpas…a crise política e falta de recursos… quando na verdade…o que realmente querem é trabalhar por cotas…por favor..Srs médicos façam sua parte…atendam os pacientes com a dignidade que merecem…

    Responder
  16. DONIZETI ALMEIDA

    Médicos FDP e enfermeiras raparigas que ao invés de atender a população fica com putaria dentro dos hospitais e fofocando, vai trabalhar seus vagabundos ou pede pra sair se é que o secretário dá saúde não dá condições pra vcs trabalhar, o engraçado é que na hora de prestar concurso público ficam todos felizes por passar e depois ficam dando desculpas por não fazerem um trabalho digno, fui taxista por muitos anos e quando percebi que o serviço tinha acabado por causa dos aplicativos não fiquei questionando a porra do secretário do transporte ou o prefeito, simplesmente vendi meu táxi e parti para outro ramo, isso é ser digno e prestar serviços com qualidade para a sociedade e não ficar empurrando para os outros… Se não tem equipamentos adequados ou material, o mínimo que vcs podem fazer é atender com amor as pessoas que provavelmente chegam até vcs fragilizadas por dores ou qualquer outro tipo de acontecido, não generalizo pq ainda tem profissionais competentes em alguns lugares, que fico admirado por nós atender bem, que deveria ser normal… ?

    Responder
  17. Não achei nada de absurdo, o Prefeito está certo em cobrar. Parabéns Gutti pelo seu ótimo trabalho

    Responder
  18. Classe hipocrita! O povo fica exposto a humilhação de todos os lados! Médicos e funcionários por serem “imunes” graças a sua condição de funcionários públicos, nos tratam de forma indigna e humilhante pois sabem ter privilégios !!!! Gostei da atitude do prefeito e acho que deveria ser rotineira estas visitas! Se não gostam procurem emprego num hospital particular! Quero ver se reclamam da fiscalização lá!!!!!

    Responder
  19. Mauto bortolazzo

    O prefeito Guti e o secretário Roberto Lago estão correto tem que moralizar a saúde pública e fazer que estes profissionais cumpra o seu dever o que não acontece a muito tempo.
    Estes que escreveram está carta aberta nunca precisou ser atendido por postos de saúde pública principalmente aqui de Guarulhos .

    Prefeito e secretário tem o apoio da maioria da população desta cidade continue assim.

    Responder
  20. Manoel Messias Ferreira de lima

    O prefeito tá mais de que certo só ele pode fazer isso os médicos tenhe que fica queto e falta de respeito com agente que eles faz com nós quando vai nos postos tão tudo dormindo.

    Responder
  21. Marinete Mendes

    É muito engraçado a revolta dos médicos rsrs !
    Eles nunca foram pegam de surpresa assim, gut pode ter errado na exposição, mas a final o que as equipes de atendimento faz com a população o descaso qdo procuramos socorro é um absurdo. Agora pq vcs estão revoltado com a secretária de saúde não justifica tamanho descaso. Qdo eu procuro um atendimento nos hospitais de urgência já tenho que preparar o coração pq o que vejo por partes das equipes é descaso.
    Temos que ir na fé e pedindo a Deus pra sermos atendidos por um médico humano, pq tem uns que mal olha na sua cara e ainda medica errado pq vc volta pra casa e na mesma semana precisa voltar ao atendimento pq o bendito remédio não serviu.

    Responder
  22. Marinete Mendes

    É muito engraçado a revolta dos médicos rsrs !
    Eles nunca foram pegam de surpresa assim, gut pode ter errado na exposição, mas a final o que as equipes de atendimento faz com a população o descaso qdo procuramos socorro é um absurdo. Agora pq vcs estão revoltado com a secretária de saúde não justifica tamanho descaso. Qdo eu procuro um atendimento nos hospitais de urgência já tenho que preparar o coração pq o que vejo por partes das equipes é descaso.
    Temos que ir na fé e pedindo a Deus pra sermos atendidos por um médico humano, pq tem uns que mal olha na sua cara e ainda medica errado pq vc volta pra casa e na mesma semana precisa voltar ao atendimento pq o bendito remédio não serviu.
    E prefeito continue fiscalizando, faça sua parte.
    E tenho certeza que vc consegue ao menos amenizar o sofrimento dá população, pq sabemos que o rombo está enorme e vc precisa de apoio estadual e federal pra seguir.

    Responder
  23. Pior que não é só o prefeito reclamando.A população está cansada de reclamar , perguntar se tem médico questionar a demora dos médicos para atender. Sem contar que muitas vezes o atendimento é de baixa qualidade acho que diante de tanta reclamações poderia rever o que pode ser feito como médicos cumprir o horário , e chamar o prefeito para conversar sobre melhorias no posto para melhor atender a população.

    Responder
  24. Christian

    O sr. Dr. Que escreveu essa carta deveria ir disfarçadamente e “tentar” um atendimento em uma UBS ou em algum hospital e veja o atendimento. Justificar com falta de recurso? Esses serem que dizem serem profissional dá saúde deveriam respeitar a população no mínimo chegando no horário. A te hoje não entendi porque a maioria dos médicos só chegam atrasado. Faça o teste Sr Dr e depois escreva outra carta do que achou do atendimento. Parabéns prefeito continue assim.

    Responder
  25. Apoiado prefeito. Já passei por tudo isso somos tratados como um lixo nas UBS e UPA os médicos passam remédio e nem se quer examinam se fosse um parente deles Tava tudo resolvido mas como não somos temos que passar por tudo isso

    Responder
  26. Tem que fiscalizar mesmo Prefeito Guti, esses médicos e funcionários pilantras que recebem pra atender a população e não atendem,se eles tivessem trabalhando certinho não precisava ter acontecido isso. Agora te pergunto, porque na hora que tá morrendo gente na fila por falta de atendimento não aparece a merda de sindicato ou sindicalista pra ajudar.

    Responder
  27. Cristiane

    Acho que vcs estão tentando limpar a barra dos médicos, tentando jogar a falta de compromisso que eles têm no prefeito e no secretário de saúde. A questão não foi a falta de pagamento, mas sim a falta de atendimento. Essa falta de respeito com as pessoas que estao na sala de espera dos hospitais públicos vem acontecendo com o pagamento e, sem o pagamento. Ai vcs simplesmente se acharam no direito de não atenderem ninguém piorando mais ainda o atendimento nas redes públicas porque não estão recebendo. Nós que dependemos desse atendimento entendemos que todo trabalhador merece receber seu salário em dia, porém precisamos ser atendidos quando chegamos no hospital passando mal e se o médico está lá pra bater o ponto e jogar na cara q está trabalhando sem receber então o mínimo que se pede é que trabalhe pois com a saúde não se pode brincar pois quando for acertado o salário atrasado vai ser acertado o dia que vc foi lá bater o ponto e não trabalhou. Então, nós só pedimos que exista respeito com a saúde. E se for pra melhorar que o prefeito continue cobrando isso de vcs atendimento.

    Responder
  28. Vão a merda cambada de hipócritas, respeitem para serem respeitados, estão acostumados fazerem coisas erradas e não serem cobrados, tá certo o prefeito ele é o gestor do município e tem sim o dever de fazer as coisas funcionar vcs não são deuses e outra coisa é péssimo o atendimento de vcs da ABC, peçam pra cagar e dá linha, ou soma ou some.

    Responder
  29. NOSSA ISSO E CONSTRANGEDOR ? AGORA ME DIZ MORAR EM GUARULHOS E TER QUE IR PARA MOGI DAS CRUZES ATRÁS DE UM TRATAMENTO PARA EU NÃO MORRER ISSO NÃO E CONSTRANGEDOR?? E MUITO LEGAL VER TODOS SE SENTI DO OFENDIDOS MAIS DE COLOCAR NO LUGAR DO POCO GUARULHENSE NINGUÉM QUE NE ….SINCERAMENTE TENHO VERGONHA DE VER UMA COISA DESTA POIS ELE NÃO FEZ NADA DE MAIS ALÉM DO QUE MOSTRAR A REALIDADE SOU UMA VÍTIMA DO DESCASO NOS HOSPITAIS DE GUARULHOS Á 10 ANOS E ATÉ HJ NINGUÉM FEZ NADA

    Responder
  30. Esses médicos que trabalham em pronto atendimento não podem faltar sem avisar,o pior muitos deles não fica nem com faltas,não quero ser dono da razão e nenhum carrasco tbm,apenas exigimos respeito como seres humanos.”Que faça valer o seu juramento”,esse médico cometeu omissão de Socorro pois tem que ter responsabilidade profissional.Parabéns Guti bom trabalho.

    Responder
  31. Ana clara

    parabéns prefeito e cotinui assim.Isto também acontece durante o principalmente nos postos de saúde agente vai marcar uma consulta e não tem ninguém nenhum atendente.

    Responder
  32. Juliana Santos

    Um certo dia uma funcionária do posto de saúde do Soberana me disse em vez de reclamar dos funcionários vai presta concurso para ter vida boa igual eu,trabalho a hora q quero o dia q quero pego ferias 3 vezis por ano fracionada de 20 20 e 20 dias até o relógio de ponto que tem aqui o próprio chefe mandou quebrar , volta amanhã talvez vc consegui a consulta.

    Responder
  33. Anderson

    Foi muito feio aquela exposição .

    Responder
  34. Cada qual com a sua responsabilidade, prefeito/ secretaria da saúde, enviar medicamentos e dar suporte para que os funcionários ( médicos, enfermeiros/ recepção, etc), possam trabalhar e os funcionários trabalhar corretamente, tratar os pacientes com educação e respeito, pois ninguém vai ao hospital, pronto atendimento para passear, vai porque está doente, com dor e quer pelo menos respeito para amenizar as dores.

    Responder
  35. MARIA SILVIA SIQUEIRA DELGADO

    Sr. Gutti o que está acontecendo com a cidade é consequência do descalabro que se tornou a administração municipal nas mãos do sr Sebastião Almeida do pt. O sr foi vereador durante a gestão do seu antecessor é co-responsável por essa situação pois deveria ter fiscalizado. Inclusive tem aquela história que veio durante a campanha eleitoral que o sr. não quis assinar a cpi do Hospital da Criança, com a desculpa que a o MP já estava cuidando do caso. Se o sr tivesse cumprido o seu papel de vereador talvez as coisas estariam melhores…

    Responder
  36. Leandro

    Acho muito bom oq o prefeito fez.
    Só uma idéia deveria visitar as ubs tb. Idosos esperam o dia todo p serem atendidos isso quando são.
    Isso aí prefeito tem que acabar com essa hora d descanso dos médicos q trabalhei 2hrs e dormem 10. Parabéns.
    Só valoriza a enfermagem q luta só.

    Responder
  37. ANTONIO CARLOS

    O PREFEITO AINDA PEGOU LEVE,OS MÉDICOS ESTÃO SE LIXANDO PARA OS PACIENTES.SÓ DEVERIA FICAR AQUELES QUE REALMENTE AMAM A PROFISSÃO QUE ESCOLHERAM E QUE SE COLOCAM NO LUGAR DAQUELES QUE ESTÃO DOENTES, QUE POR SUA VEZ, DEPOSITAM TODA CONFIANÇA NO PROFISSIONAL E ENXERGAM NELES A CURA DO SEU MAU.

    Responder
  38. Da neles Guti, os caras estão recebendo, tem que trabalhar, a falta de preparo, educação e caráter desejes profissionais é impressionante , se acha que não está bom o emprego, procure outro e desocupe a vaga.

    Responder
  39. João Carlos

    Uma coisa é o atendimento prestado nas unidades de saúde, outra coisa é o prefeito e o secretário de saúde tentarem transferir a responsabilidade pela péssima qualidade dos serviços de saúde da Cidade para os empregados. Acho que gestão de verdade se faz chamando a responsabilidade em prol de uma resolução do problema, e não ficar dizendo, como costumeiramente faz o secretário de saúde, senhor Roberto Lago, que o problema não é da atual gestão, mas do prefeito anterior. Prefeitura é Prefeitura, não é o prefeito…….. Para os 82% ou mais que votaram no Gutti, realmente é uma grande decepção!!!!!!

    Responder
  40. Supondo que os médicos resolvam fazer o mesmo que a polícia fez no espírito santo aí vamos reclamar do que respeito a quem dedicou a vida a salvar vidas a culpa é desta política que nos elegemos

    Responder
  41. Parabéns prefeito, que “DEUS” continue lhe abençoando e te dando sabedoria em cada situação.
    Forte abraço eu e minha família oramos por você!

    Responder
  42. Rodolfo

    Infelizmente votei nesse Guti , ele só tem demonstrado poder midiático , se um paciente comum chega para fazer filmagem pode receber um processo , portanto ele como prefeito desobedece a própria legislação da secretaria que ele é gestor . É nítido pra toda sociedade que faltam médicos , não tem psiquiatra na rede , reumatologista com uma espera de 4 anos , neurologista tbm esse prazo e ao invés do prefeito tentar regularizar problemas mais graves , abrir concursos , fazer contratações , ele prefere estar dando o show dele , tentando desviar a própria culpa , ele não alegou na campanha que diminuiria metade dos cargos comissionados ? Acompanho o diário oficial do município e todos os comissionados que ele mandou embora, ele já repôs alguém dele no lugar , e ainda essa semana com uma proposta de ser criado mais 1200 cargos comissionados , lembrando que não é um comissionado que irá nos atender , nos receitar , esses favores de campanha não devia respingar assim na população, que por sua vez sofrerá com falta de médicos , em são Paulo em 30 dias o prefeito atual conseguiu limpar totalmente a fila no SUS , fazendo convênios , o Guti em 4 meses só conseguiu gravar 3 vídeos que não resultou em melhoria nenhuma. Não sou petista , acho que o governo passado foi mediocre. Mas o atual tbm não está surpreendendo nesse começo de governo. E já percebi que serão feitas algumas mudanças na saúde em guarulhos que sairão mais médicos dá rede , ou seja , população se ferrando de novo.

    Responder
  43. fernanda

    agora vcs reclama ne !!!! a população ficou indignada quem falou isso .. kkkkkkkkk vao trabalha cambada di vagabundo . isso mesmo novo prefeito….e manda embora demite quem não tiver satisfeito pega o beco …..

    Responder
  44. Dalmo Oliveira

    O Prefeito GUTI e seu Secretário da Saúde estão de PARABENS ! Quem não deve não teme. Os Médicos que trabalham bem, prestam um bom serviço à população podem esperar, em breve, um melhora para eles, médicos, enfermeiros e pessoal da Saúde em geral. Aqueles, porem , que estavam acostumados com a administração anterior, negligente e ineficiente, bem que podiam pedir demissão e abrir vagas para Médicos compromissados com a cidade de Guarulhos e seus moradores, que tanto sofreram com o desastroso período do governo anterior corruPTo do P. T., que quase faliu nossa querida cidade !

    Responder
  45. OS médicos não se preocupam em atender ninguen com dignidade e respeito, mas querem ser respeitados , com excess?o de uma minuria elea simplismente nem olham na sua cara mesmo, nao querem trabalhar seu horario todo e muito menos dar assitência a populaç?o n?o se preocupam com o juramento feito quando estavam se formando para salvar vidas, eles querem é dinheiro , a populaç?o é massacrada em postos e hospitais do SUS , prefeito está de parabéns em fiscalizar sim.

    Responder
  46. Parabéns prefeito Guto e secretário , sou aposentado a verdade é que muitos médicos nunca olham na cara da gente e quando olham e com desprezo já sofri muito na mão de alguns péssimos profissionais ultimamente até as enfermeiras e os atendentes estão se achando com um péssimo atendimento o exemplo vem de cima tem que fiscalizar sim e punir, ultimamente tenho sentido ciumes com o tratamento que o meu cachorrinho recebe do veterinário, ta melhor do que o de muitos médicos parabéns mais uma vez

    Responder
    • Edivaldo

      Muito legal essa atitude do prefeito. Se a maioria dos prefeitos de outros municípios fizessem isso, com certeza iriam demitir um bando de funcionários fantasmas. Não estão satisfeitos, vão trabalhar apenas em hospitais privados, mas como lá existe o controle, com subordinação eles não vão.

      Responder

Deixe seu Comentário