Share
Barreto espera coerência em relação ao  reajuste salarial dos servidores públicos

Barreto espera coerência em relação ao reajuste salarial dos servidores públicos

Prefeito: Vereador diz que Guti sempre esteve ao lado dos servidores quando ocupava a Câmara

A discussão sobre o reajuste salarial dos servidores públicos começou na última sexta-feira (12), porém, sem qualquer prazo para ser encerrada. Em encontro, naquela data, a Prefeitura de Guarulhos, por meio da Secretaria de Administração e Modernização, propôs ao Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública de Guarulhos (Stap) apenas 2% de aumento. Este índice está abaixo dos indicadores da inflação – Dieese e IPCA.

“Nós vimos que a prefeitura fez uma proposta de aumento de 2% para a categoria. Qualquer pessoa sabe que para iniciar uma negociação salarial é necessário no mínimo observar a inflação do período. O Dieese teve um índice de 3,25% no período e o IPCA 4,08%”, explicou o vereador Eduardo Barreto (PCdoB).
Ele entende que a melhor alternativa para solucionar o impasse criado é o diálogo entre as partes, desde que a proposta seja iniciada com os índices de inflação medidos durante os últimos 12 meses pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

“Seria razoável a prefeitura conversar com os funcionários e iniciar uma discussão tendo esses índices como base e não apenas os 2%, qual considero muito pouco para a categoria, que a gente sabe que trabalha muito”, disse Barreto.

O representante do PCdoB na Câmara espera que o prefeito Guti (PSB) possa valorizar o trabalho do funcionário público. “O atual prefeito esteve ao lado dos servidores quando era vereador. Acredito que ele deva manter a coerência, afinal, todos nós conhecemos o importante papel do funcionalismo”, concluiu.

Reportagem: Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário