A cozinheira Daniela Silva Tobias, 37, continua na tentativa há mais de um ano, em marcar um exame de Papanicolau com uma ginecologista na Unidade Básica de Saúde Morros, localizada na rua Delmiro, no Jardim dos Afonsos. Outro problema registrado também por Daniela é com relação ao pediatra, pois não marcar uma consulta para o filho de apenas um ano e nove meses.

“ O pediatra está a mesma coisa, não consigo agendar para trocar medicação, ele não tem agenda, e é sempre a mesma conversa, volta no inicio do mês que vem, e nunca consigo”, afirmou a cozinheira.
Já quanto ao ginecologista, Daniela alega que toda vez está sem agenda, principalmente com a saída de outra profissional que realizava o atendimento pela manhã. “Com a saída de uma ginecologista, piorou tudo, não consigo marcar meu exame e assim irei completar dois anos com essa situação”.

A reportagem do HOJE entrou em contato com a Secretaria de Saúde, que afirmou que a atual gestão promoveu uma reorganização do quadro de profissionais das unidades básicas de saúde(UBS), como forma de adequar as horas médicas e de enfermagem de acordo com o perfil da população de cada território de saúde.

“Após reestruturação da equipe de saúde, a UBS Morros conta com três médicos ginecologistas e dois pediatras fazendo um total de 40 e 36 horas semanais respectivamente. Além disso, as diretrizes municipais quanto ao cuidado e atenção à saúde da mulher, preconizam que o exame do Papanicolau pode ser realizado pelo médico ou enfermeiro, resultando num maior acesso as ações de prevenção e assistência”.

“Considerando que temos muitas gestantes e precisamos garantir as consultas mensais de Pré-Natal, fazemos uma distribuição das vagas priorizando as gestantes. Porém as vagas de ginecologia e coleta de Papanicolau são liberadas e agendadas regularmente. Sendo assim, após a reestruturação do quadro de médicos as vagas ficaram mais próximas. Infelizmente a paciente não se identificou para que pudéssemos fazer uma busca e análise no prontuário da mesma e oferecer assim o acesso da mesma na unidade”, afirmou em nota a Secretaria de Saúde.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

4 COMENTÁRIOS

  1. Precisei fazer um eco cardiograma dei entrada nest mesma ubs a mais ou menos seis meses até agora não fui chamado graças a deus consegui pagar e fazer particular e já retornei com o médico tá difícil

  2. Infelizmente o atendimento lá é muito complicado
    Uma ubs que está de parabéns e do vila rio menos de três meses fiz tds meus exames
    Inclusive exames que em outros lugares ia demora MT tempo,amo o atendimento dos profissionais de saúde de lá ??????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here