A Polícia Militar de São Paulo deteve um dos suspeitos de participar no assassinato do empresário Sylvio Luís Toledo, na altura do km 89 da rodovia Fernão Dias, na pista sentido Minas Gerais. Toledo e a esposa retornavam para a cidade mineira de Pouso Alegre, onde viviam após uma viagem a trabalho em São Paulo.

O suspeito foi preso na noite deste último sábado (07), na Zona Leste de São Paulo, quando durante uma abordagem, Diego Ferreira teria demonstrado nervosismo aos policiais, que ao checarem os dados do suspeito, descobriram que Ferreira tinha um mandado de prisão temporária em aberto, devido ao latrocínio (roubo seguido de morte).

O assassinato ocorreu no dia 16 de agosto, quando por volta das 21h30, ladrões teriam batido no veículo do empresário, de modelo Land Rover, após ele deixar um posto de combustível às margens da rodovia. No momento que o casal desceu do veículo para verificar os danos causados pela batida, foi abordado pelos ocupantes do outro veículo, que teriam anunciado o assalto.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o empresário teria entrado em uma luta corporal com um dos suspeitos, porém, teria caído na pista sentido Minas Gerais da via, sendo atropelado e falecendo no local. A Polícia Civil ainda trabalha na investigação para saber se foram os suspeitos que atropelaram Toledo, ou se foi ouro veículo que trafegava pela rodovia no momento. Além da prisão de Ferreira, outros dois homens continuam foragidos.

Foto: Reprodução TV Globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here