Palco de grandes eventos esportivos e culturais, o ginásio Poliesportivo Paschoal Thomeo, o “Thomeozão”, pode receber até o final deste ano uma quantia aproximada de R$ 1 milhão, via emenda parlamentar do deputado federal Eli Corrêa Filho (DEM), para investimento em infraestrutura do equipamento, que está interditado desde janeiro de 2015 por falta do laudo AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros).

De acordo com moradores ouvidos pelo HOJE, a falta de segurança e o consumo e venda de drogas dentro das dependências do ginásio são aspectos que, segundo eles, colaboram para ações de violência. Eles ainda destacaram a falta de manutenção e a grande quantidade de lixo acumulado no local.
Mesmo sem a possibilidade legal para funcionamento, o ginásio é utilizado por equipes esportivas para a realização de treinamento. Por lá, também funciona o posto do Busca Ativa, programa social do governo federal que faz o mapeamento de populares em situação de pobreza para inclusão nos respectivos programas sociais.

A prefeitura, por meio da secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secel), confirmou a existência de emenda parlamentar para reforma parcial e adequação do Ginásio Paschoal Thomeo, no valor de R$ 984.848,48. A respectiva manutenção está prevista para ser executada imediatamente após a liberação da emenda. Informou ainda que a Guarda Civil Municipal tem realizado rondas periódicas no local, para inibir a ação de usuários de drogas.

Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here