Líder do governo diz que falta coragem para vereadores votarem contas de Almeida

O líder do governo na Câmara, vereador Eduardo Carneiro (PSB), afirmou que falta coragem para vereadores votarem as contas de 2013 do ex-prefeito Sebastião Almeida. A sessão extraordinária que previa a votação de projetos de lei do Executivo foi encerrada por falta de quórum.

“Eu acho que tivemos, em um passado bem recente, um populismo exacerbado em nossa cidade. Guarulhos ficou cheia de buracos e o empresário foi embora. Os vereadores têm de pensar no que tem que ser feito para a cidade. Mas, eu acho que aí é que está a responsabilidade do parlamento”, disse.

Carneiro ressalta que o impasse sobre a votação das contas do ex-prefeito está causando prejuízos ao município. A receita de ISSQN estimada na Lei Orçamentária Anual para o exercício corrente é de R$ 423,1 milhões. Todavia, os indicadores econômicos que nortearam a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) 2017 no ano passado têm se mostrado bem superiores aos que vêm se concretizando no atual cenário econômico do país influenciado pela atual crise econômica e que afeta com mais rigor o setor de serviços.

“O aumento de tributos é importante para a estruturação da cidade, das contas do município e isso é importante. E não querer votar por que vai perder politicamente, eu acho pouco responsável. Só o PPI, que demorou alguns dias para ser aprovado, a gente perdia R$ 500 mil por dia e agora tem o ISS, que teve algumas modificações”, explicou.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto