Duas vítimas da chacina no Bela Vista teriam passagens por furto e tráfico de drogas

Duas vítimas da chacina no Bela Vista teriam passagens por furto e tráfico de drogas

Duas vítimas da chacina que resultou na morte de três homens, já teriam passagem pela polícia, segundo informou o Setor de Homicídios. Os crimes seriam furto e tráfico de drogas, porém, não foi divulgado qual dos três homens não teria passagem. O triplo homicídio ocorreu na madrugada desta quarta-feira (28), às 4h, na rua Catulo da Paixão Cearense, na esquina com a rua Chibata, no Jardim Bela Vista.

Testemunhas teriam informado que um veículo de cor branca teria passado atirando. Os três homens beberam em uma Casa do Norte próximo ao local onde ocorreu o homicídio. No início da tarde, a Polícia Civil divulgou a identidade a identidade das vítimas, que são Vilson da Silva Nascimento, 40, Tiago Ribeiro da Silva, 31 e Erivaldo Pereira da Silva, 28.

A reportagem do HOJE esteve no local e conversou com moradores que afirmaram conhecer as vítimas, que além de morar próximo ao local do crime também frequentavam os bares da região e seriam usuários de drogas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), chegou a ser acionado, porém, o óbito foi constatado no local.

A ocorrência foi registrada no 1° Distrito Policial, até o momento nenhuma pessoa foi presa e o caso está sendo investigado pelo Setor de Homicídios.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP), afirmou ao HOJE que a Polícia Civil acompanhou o trabalho da perícia e colheu depoimento de testemunhas que estavam nas proximidades. “Até o momento, não há indícios de relação do caso com o homicídio múltiplo ocorrido no dia 11 de janeiro, que segue em investigação pela Seccional. A SSP ressalta que as políticas de combate aos crimes contra a vida desenvolvidas no Estado resultaram na queda expressiva de ocorrências deste tipo, permitindo que o Estado atingisse a taxa de 7,54 homicídios a cada 100 mil habitantes, patamar mais baixo da série histórica iniciada em 2001”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br
Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário