A perícia técnica encomendada pelo vice-prefeito Alexandre Zeitune (REDE) e realizada pelo perito Ricardo Caires, profissional que avaliou os áudios do caso Temer e Joesley Batista, aponta que o conteúdo de áudio do pen drive utilizado para instalação da comissão especial de inquérito não possui legitimidade para abertura de uma ação judicial. Isso por que este tipo de ação é necessário autorização do poder judiciário.

1 COMENTÁRIO

  1. Caracas , ao invés de se preocupar com a cidade de Guarulhos o vice se preocupa com o Temer ,.
    A cidade esta boa ?
    Falta Aguá , Falta saúde , Falta tudo e vc com perícia ! poxa so vc mesmo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here