Os moradores da rua Onze, localizada no bairro Sítio São Francisco, já estão sem água há 18 dias, segundo a técnica em enfermagem Aline Yara Pinheiro, 31. Durante a semana o caminhão pipa foi enviado, porém, mesmo assim não foi suficiente para sanar os problemas da população, que começou até a efetuar compra de água.

No bairro sempre houve o sistema de rodízio, com água um dia sim outro não, porém, mesmo diante do problema, os moradores não conseguem uma resposta. “A gente envia mensagem para o Saae, mas até hoje não veio resposta”, revelou Aline, que mora com o filho de dez meses e o avó de 83 anos na casa.

Diante dessa situação, Aline estaria gastando com compra de água quase R$ 20 diariamente. A reportagem do HOJE entrou em contato com o Saae, que confirmou ter problema nos últimos dias quando a água de fato teria chegado com a pressão abaixo do normal para o bairro, com o envio de caminhões pipa para o local.
“Ainda hoje o Saae irá realizar uma manobra para enviar água a uma pressão adequada a este bairro até às 23h. Além disso, até o dia 19/03, a fim de restabelecer a normalidade da distribuição de água para o local, a autarquia irá refazer a ligação sobre o córrego da Avenida Norte-Sul, travessia esta que foi interrompida por obras da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano)”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here