Exposição de arte sacra Aleluia fica no Shopping Maia até abril

Exposição de arte sacra Aleluia fica no Shopping Maia até abril

Depois do sucesso de grandes exposições aclamadas na cidade: “Mãos Sagradas” (de 08 a 23/10/2016 na Catedral Nossa Senhora da Conceição e 01 a 23/12/2016 no Parque Shopping Maia) e Bendita’s (de 05 a 21/05/2017 no Parque Shopping Maia) os artistas Berg Araujo e Irlânia Merces voltam a Guarulhos para celebrar a arte de vestir santos. “Aleluia” é o nome da exposição que trará mais de 20 imagens de santos populares brasileiros com montagem e cenografia inéditas, que ficará disponível a partir do dia 16 de março até 01 de abril, no Parque Shopping Maia.

“O Senhor enviará bênçãos aos seus celeiros e a tudo o que as suas mãos fizerem.”, com a passagem bíblica em Deuteronômio 28:8, os artistas Berg Araújo e Irlânia Mêrces se inspiram para apresentar em exposição uma relação de trânsito, troca e simbioses entre a arte e o sagrado.

Segundo os artistas, a proposta é trazer o sagrado e o intangível da beleza da fé, materializado nas vestimentas de cada santo. Desta maneira, os trabalhos da dupla encantam por duas vertentes indissociáveis do mundo das artes: a técnica minuciosa e detalhista, bem como uma rica combinação de elementos, cores e estilo. O resultado desta harmonização sensibiliza o público pelos olhos, coração e saber artístico, em uma atmosfera de fé e cultura.
Nossa Senhora Aparecida, das Dores, Conceição, de Bom Sucesso, São Francisco, São Jorge, São Benedito e Santo Antônio são algumas das imagens escolhidas para esta exposição. A curadoria teve como objetivo trazer as principais imagens devocionais no Brasil, levando em conta a devoção, os festejos populares e o que cada uma delas representam para seus devotos.
Forte laço com a fé é a inspiração para as obras

Guarulhense radicado Berg Araújo desde cedo se envereda pela arte, em especial a arte sacra. O primeiro contato ocorreu nos tempos de liturgia. Coroinha da igreja de Itapetinga, no estado da Bahia, foi através das festas e cerimônias católicas que Berg pode ter contato com um mundo de símbolos e significados que marcariam o imaginário adolescente. Túnicas, vestes, estolas, alfaias, casulas, véus e coroas compunham o cenário em que se desenhavam sua experiência mais lúdica de vida.

Seu forte laço com a fé foi à inspiração para o descobrimento de sua arte. Das festas da igreja foi descobrindo suas habilidades que marcariam sua vida adiante: canto, dança, poesia, teatro, artes visuais, todas executadas a perfeição, mas nenhuma delas chegando em tal tenacidade quanto as artes plásticas.
Já Irlânia Mercês, é natural da cidade de Salvador. Incentivada pelos pais desde muito cedo desenvolveu o talento para as artes e o artesanato. Autodidata, aos 12 anos já confeccionava as primeiras obras. Apaixonada pelo ofício e no seu modesto aprendizado foi aprimorando sua arte e compartilhando seu talento com amigos e colegas. Respirando os ares de uma capital Patrimônio da Humanidade, repleta de arte Barroca e religiosidade, naturalmente deixou-se e influenciar e assim foi construindo sua referência estética.

Um talento que começa muito cedo não demora a apresentar grandes resultados. Durante muito tempo sua motivação e devoção foi criando uma vontade de se expressar muito forte. Quando não produzia em casa buscava oportunidades de levar seu aprendizado para comunidades carentes do interior da Bahia.
O primeiro contato erudito de arte sacra ocorreu durante um curso da professora Clarisse Santos, estudiosa octogenária, sobre Arte Sacra Parisiense. Durante os três anos de estudos e formação acabou conhecendo e se pôs a praticar a arte de vestir santos. Católica devota, encontrou nessa arte sua mais proeminente vocação.

Serviço:
Exposição de arte sacra “Aleluia”
Endereço: avenida Bartolomeu de Carlos, n° 230, Jardim Flor da Montanha (dentro do Parque Shopping Maia).
Data: Até 01 abril

Deixe seu Comentário