O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) reduziu nos dois primeiros meses deste ano a utilização da água de reuso para as mais variadas finalidades em 49%. Em janeiro e fevereiro do ano passado, a autarquia reutilizou quase 5,1 mil de metros cúbicos do insumo impróprio para consumo humano contra pouco mais de 2,6 mil metros cúbicos nos no mesmo período neste ano.

De acordo com informações fornecidas pela própria autarquia, responsável pelo abastecimento de Guarulhos, em 2016 a média mensal de reutilização da água foi de 3,2 mil metros cúbicos. Em contrapartida, nos nove meses deste ano a média atingida foi de 2,1 mil metros cúbicos.
A água de reuso é produzida na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) São João. Sua utilização se dá na lavagem das vias que recebem feiras-livres, jardinagem, molhar ruas de terra em obras, desobstrução de rede de esgoto, além de atendimentos comerciais.

Segundo o Saae, a água de reuso costuma ser adquirida para ser utilizada em lavagem de carros, pisos, calçadas, irrigação de jardins e, dentro do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Guarulhos, na lavagem dos equipamentos das Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs). Pode ser utilizada também na manutenção de lagos e canais para fins paisagísticos. Não é uma água própria para consumo.
O Saae também comercializa a água de reuso. Pouco mais de 20% desta produção é destinada para comercialização. O valor para compra de água de reuso, para cada metro cúbico, é de R$ 0,99 para retirada pelo próprio usuário na ETE. Quando houver fornecimento pelo Saae, é incluído no valor o custo do transporte.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here