Série sobre Mamonas Assassinas começa a ser gravada em junho

A série que abordará a trajetória do grupo Mamonas Assassinas começará a ser gravada no mês de junho, de acordo com informações do pai do cantor Dinho, Hildebrando Alves, 69, e também do primo, Jorge Santana, 44, conhecido como Jorginho, que auxilia na produção da obra. O nome não foi divulgado, porém, haverá também um filme, que ainda não tem data prevista para a estreia oficial.

A produtora do filme e da série é a carioca Total Filmes. A reportagem do HOJE entrou em contato com a Total, porém, apenas obteve a informação de que a gravação da série começará no meio deste ano, e que a produtora está fechando parceiros para a distribuição.

O roteiro da série é de Carlos Lombardi, 59,  que já trabalhou em novelas da TV Globo como Guerra dos Sexos, Vereda Tropical e Pé na Jaca. Em contato com a reportagem, Lombardi confirmou que é o roteirista, porém, não entrou em maiores detalhes sobre a obra porque ainda não está autorizado a falar pela produtora.

Os familiares dos integrantes da banda participaram da fase de pesquisa junto com a produtora. Segundo Alves, os novos locais para a gravação das cenas já foram definidos, como o sítio em Itaquá, que pertence a família do Dinho, a Praça dos Mamonas Assassinas, no Parque Cecap e o Ginásio Poliesportivo Paschoal Thomeu, conhecido como Thomeuzão, além de outros pontos em Guarulhos.

Cantor e ator Ruy Brissac (Foto: Félix Graça)

“Os trabalhos começam no dia 01 de junho, e 90% das imagens serão em Guarulhos, sendo a maior parte no Parque Cecap”, afirmou Santana, destacando que Dinho será interpretado pelo cantor e ator Ruy Brissac, que já participou do Musical Mamonas Assassinas, que ficou em cartaz pelo país durante um ano e quatro meses.

Questionada, a TV Record não se manifestou sobre a possibilidade de transmitir a série. Além do lançamento, também haverá a comercialização de alguns produtos da banda, como roupas, chinelo e até sabão, de acordo com Jorginho.

A série deverá destacar o início da carreira da banda e o grande sucesso conquistado em um curto espaço de tempo. “A série será algo mais light, mas a mensagem principal é que o impossível não existia para essa banda”, revelou Jorginho.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Divulgação