Prefeitura deve terceirizar serviço de poda de árvores no município

Por conta da incompatibilidade entre a demanda existente e o efetivo para a execução do serviço, a prefeitura pretende terceirizar o trabalho de poda de árvores na cidade. Entretanto, esta proposta ainda não tem data para que possa ser colocada em prática. Atualmente, a Secretaria de Meio Ambiente conta com apenas três equipes para realizar esta tarefa em todo município.

“Nós estamos providenciando a terceirização da poda e não da roçagem porque não temos condições nenhuma, a não ser que haja abertura de concurso público para contratação específica. Esse é um problema que a gente tem enfrentado, porque hoje nós temos na administração um número pequeno de agentes para a poda”, disse o secretário do Meio Ambiente, Abdo Mazloum.

Mazloum revelou que existem casos onde as equipes chegam a levar dois ou mais dias para remover uma árvore de determinada espécie. De acordo com ele, isso inviabiliza o atendimento das demandas, já que a administração pública tem capacidade de atender até dez solicitações de poda em um único dia com o atual efetivo, além de ressaltar que a demanda por dia é de 80.

“A preocupação do governo e do nosso prefeito Guti (PSB), em relação às áreas verdes, é de ampliar e não temos interesse nenhum em sair cortando árvores. As pessoas às vezes reclamam e não entendem que existem várias situações que obrigam você a intervir numa árvore ou pedir a remoção por que está doente ou possa cair”, disse.

O secretário também acrescenta que o orçamento daquela secretaria tem como finalidade o atendimento das necessidades estruturais como manutenção de veículos, aquisição de materiais para a execução das tarefas internas e externas, e que pouca verba sobra para a destinação de outras atividades.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto