PRF liberta motorista de sequestro relâmpago na Ayrton Senna

Na manhã desta terça-feira (04), às 11h30, a Polícia Rodoviária Federal (PRF), libertou o motorista Carlos Tolomotti, que havia sofrido um sequestro relâmpago, além de deter dois suspeitos, Expedito Cruz, que seria foragido da Justiça segundo a PRF e Jonathan Macedo, que teria saído do regime penal no mês de junho.

Os policiais abordaram o veículo de modelo Gol, na cor prata, onde estavam os indivíduos, no km 28, da pista leste da rodovia Ayrton Senna, em Guarulhos. A vítima, que seria moradora de Santa Catarina, saiu ilesa e teria sido sequestrada de acordo com a PRF na rodovia Dom Pedro I, no km 74, quando os dois suspeitos que estavam no veículo de modelo Gol, abordaram o motorista, pediram para encostar o caminhão de modelo Volvo no acostamento e realizaram o sequestro.

Os indivíduos seguiram com a vítima no interior do veículo Gol pela rodovia Dom Pedro I,  Fernão Dias, Marginal Tietê e depois Ayrton Senna, quando foram detidos, e o caminhão da vítima, foi localizado pelo rastreador na cidade de Osasco, interior de São Paulo.

O objetivo dos suspeitos segundo os policiais era levar a vítima para um cativeiro em um sítio localizado em Guarulhos. O motorista não ficou ferido e o boletim de ocorrência foi lavrado no 4° Distrito Policial.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Divulgação