Picolés e chuveiradas refrescam animais no zoológico de Guarulhos

Nestes dias de temperaturas elevadas os animais do zoológico de Guarulhos, no Jardim Rosa de França, têm recebido uma ajudinha para se refrescar. Picolés de frutas, de peixe, carne e até de sangue passaram a fazer parte da alimentação das aves e mamíferos que habitam no local. A bicharada também conta com gostosas chuveiradas apreciadas principalmente pelas araras e papagaios que chegam a disputar um lugar embaixo da água.

Os picolés são feitos com ingredientes que integram o cardápio habitual dos bichos. Nesta sexta-feira (11), o petisco das aves teve como base suco natural de goiaba com pedaços de frutas. Já o gato-mourisco ganhou um gelado de água e pedaços de peixe. Os carnívoros, como o casal de leões Maia e Nero, gostam de saborear um suculento picolé de sangue. O agrado é entregue pela manhã, em média uma vez por semana a cada espécie, como explica, Gilberto Nogueira Penido Junior, veterinário do zoo. “Além de ajudar a enfrentar o calor, a ideia é oferecer um diferencial na forma de apresentação dos alimentos para estimular a atividade e oferecer uma distração aos animais, por isso não oferecemos todos os dias para não se tornar rotina”.

O zoológico de Guarulhos tem entrada e estacionamento gratuitos e funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. O local abriga cerca de 500 animais resgatados ou nascidos no local, em meio a uma ampla área verde formada por espécies nativas da Mata Atlântica que atrai bichos de vida livre, como tucanos e saguis.