Homem é preso após fazer funcionária como refém no Aeroporto de Guarulhos por três horas

Um homem foi preso após fazer uma jovem de 23 anos como refém no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos. O caso ocorreu dentro de uma sala da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), localizada no Terminal 2, onde a jovem teria ficado como refém durante três horas.

O caso ocorreu na noite deste domingo (13), às 22h30, e após horas de negociação com os policiais, Leandro Evangelista Ferreira de Souza, 31, teria se entregado e foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e cárcere privado. Souza teria invadido o escritório da ANAC com uma faca de cozinha, de acordo com a polícia, onde a jovem estaria trabalhando.

Após negociações com os policiais, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), teve que ser acionado, e durante as negociações, Souza teria ficado com a funcionária da ANAC atrás de uma porta. O suspeito teria deixado a cadeia a uma semana, de acordo com a polícia, após cumprir pena por roubo.

Após negociações, a vítima foi liberada sem nenhum ferimento, e a polícia informou após conversar com os parentes de Souza, de que o indivíduo teria síndrome do pânico. O homem teria apresentado problemas psiquiátricos e estaria falando coisas sem nexo durante a negociação com os policiais.

Foto: Reprodução TV Globo