“Dá impressão de que só tem um ônibus rodando”, diz passageiro sobre a linha 435

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Dificuldade, estresse, demora e paciência são a palavra chave para entender o drama de quem sofre na espera pelos ônibus da linha 435, que realiza o trajeto entre o bairro do Jardim Fortaleza até a região central. De acordo com o assistente de rastreamento, Fábio Bricio Petuco, 35, às vezes a espera chega até 40 minutos.

Além da demora dos ônibus, o passageiro também reclama do estado dos coletivos. “Na linha do Jardim Fortaleza, eles só jogam ônibus velho, com o banco solto, não dá nem para sentar”, destacou Petuco, alegando também que o coletivo sempre está lotado, e o drama é maior no horário de pico, quando os passageiros esperam e o coletivo por estar muito cheio, estaria passando direto pelas paradas de ônibus.

“Eu saio do trabalho às 18h e infelizmente é normal desistir sempre de dois a três ônibus, porque não há condição de entrar”, destacou o passageiro. Em nota, a Secretaria de Transportes e Mobilidade e Urbana (STMU), informou que nunca foram registradas reclamações em relação à linha citada.

“Uma fiscalização rigorosa será efetuada no sentido de tentar identificar qualquer irregularidade. O número de ônibus depende da demanda exigida pelas citadas linhas, mas nunca é inferior a seis. Isso é facilmente identificado pelo prefixo existente em cada um dos veículos que circula por essas rotas”, afirmou em nota a STMU.