Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Na manhã desta segunda-feira (10), às 7h, uma perseguição policial a um veículo com quatro indivíduos que seriam suspeitos de assaltar um açougue na avenida Otávio Braga de Mesquita, terminou com dois homens presos na avenida Jamil João Zarif, no bairro do Taboão, e um teria morrido em troca de tiros com policiais militares, além de outro homem que conseguiu fugir pelo rio Baquirivu.

De acordo com a Polícia Civil, o veículo de modelo Prisma, cor prata, que estaria com os quatro suspeitos, estacionou próximo a um açougue na avenida Otávio Braga de Mesquita, quando dois indivíduos desceram do carro, e levaram todo o dinheiro do final de semana do estabelecimento, porém, no momento da fuga, uma testemunha conseguiu anotar a placa e avisou a PM.

Os policiais militares iniciaram a perseguição ao veículo na avenida Jamil João Zarif, porém,  o carro que estava com os suspeitos teria capotado após colidir com um veículo de modelo Palio. Segundo a polícia, dois ocupantes teriam permanecido no automóvel, porém, os outros dois suspeitos teriam iniciado uma troca de tiros com os policiais.

Um dos indivíduos foi baleado próximo ao rio Baquirivu, sendo socorrido para o Hospital Geral de Guarulhos (HGG), no bairro do Parque Cecap, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu. O outro suspeito conseguiu fugir, e segundo a Polícia Civil, com o homem baleado, foi apreendido um revólver calibre 38.

O HOJE compareceu ao local às 11h30, e o veículo utilizado pelos acusados de roubo, ainda continuava na área com a parte da frente do modelo totalmente destruída após a colisão, além de algumas peças que se soltaram do carro. Os dois suspeitos detidos não ficaram feridos e foram encaminhados para o 9° Distrito Policial, onde foi lavrado o boletim de ocorrência.

A Polícia Civil informou que o Prisma utilizado pelos suspeitos não era roubado, e pertencia a namorada de um dos indivíduos. Os dois homens que não tiveram o nome divulgado pela polícia devem responder por resistência e roubo, e até o fechamento desta edição, a quantia recuperada pela polícia, ainda não havia sido contabilizada.

Foto: Ivanildo Porto

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here