Orquestra Jovem e Cia. Brasileira de Danças Clássicas apresentam espetáculo com audiodescrição

O

Pessoas com deficiência visual terão a oportunidade de desfrutar plenamente de um espetáculo cheio de primor e beleza neste sábado (29), às 20h, na apresentação do espetáculo com audiodescrição “O Corsário, Ballet Completo de Adolphe Adam”, com a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos (OJMG) e a Cia. Brasileira de Danças Clássicas, no teatro do Adamastor Centro. A classificação livre e os ingressos devem ser retirados, gratuitamente, com duas horas de antecedência, na bilheteria do teatro. 

Le Corsaire, conhecido em português como é um ballet de repertório baseado no poema de Lord Byron, com música de Adolphe Adam. A história narra as aventuras de um ousado pirata, Conrad, que atravessa o alto mar na tentativa de salvar a linda Medora. É um conto de fantasia cheio de donzelas e assassinos perversos, amor e traição, um dos grandes clássicos do ballet.

A montagem apresentada nessa ocasião foi inspirada na coreografia de Markus Petipa, grande coreógrafo russo do século XIX, e conta ainda com a participação dos bailarinos da Escola Rita Camilo. Para o maestro Emiliano Patarra, regente da Orquestra Jovem, o enredo atraente e repleto de aventuras vai entusiasmar o público: “O Corsário é um dos ballets de repertório mais famoso e conhecido em todo o mundo, uma narrativa bastante envolvente, justamente por essa mistura do enredo e ritmos que foram agregados à versão tradicional”, esclarece o maestro.

Patarra reforça ainda que já é parte da tradição das temporadas da Orquestra Jovem a montagem de um balé completo, com cenários e corpo de baile, em mais uma valiosa parceria com a Companhia Brasileira de Danças Clássicas.

Companhia

A Companhia Brasileira de Danças Clássicas já trouxe para Guarulhos outros espetáculos, como “Dom Quixote”, que contou com a direção artística de Guivalde de Almeida, um dos grandes nomes no Brasil na remontagem de obras clássicas, além de responsável pela formação de grandes bailarinos que hoje integram companhias no Brasil e no mundo. 

Guivalde iniciou suas atividades artísticas com sua mãe Aracy de Almeida. Desde 1989, tem preparado alunos para espetáculos e concursos trazendo para São Paulo e para o Brasil várias condecorações e prêmios. Atuou como mestre convidado em importantes escolas onde remontou grandes clássicos como O Quebra-Nozes, O Lago dos Cisnes, Coppélia, Don Quixote, Giselle, La Bayadére, entre outros. Como coreógrafo, foi o responsável, durante dez anos, pelo projeto “Aprendiz de Maestro” produzido pela TUCCA, apresentando na Sala São Paulo versões didáticas dos grandes clássicos.

Serviço:

Data: sábado (29), às 20h

Local: Adamastor Centro

Avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo

Classificação livre

Entrada gratuita (ingressos devem ser retirados com duas horas de antecedência na bilheteria)