Com a queda da temperatura nas últimas semanas e o aumento da incidência de neblina, a CCR NovaDutra reforça a campanha de alerta e orientação sobre o período de ocorrências de neblina na via Dutra. Esse fenômeno é mais comum durante a madrugada e nas primeiras horas da manhã, principalmente, entre os meses de maio e setembro.

Para orientar os usuários sobre como se comportar caso realize sua viagem sob neblina, a Concessionária reforça a ação com dicas de segurança na programação da CCRFM 107,5. Além disso, a iniciativa, também é divulgada através de seus 38 painéis de mensagens variáveis (PMVs) alertando sobre trechos com neblina e instalou faixas em locais estratégicos da rodovia, com orientação aos motoristas.

A campanha de segurança traz mensagens lúdicas com a presença de dois  personagens: o ‘Desfarolado’, aquela má ideia que tenta enganar o motorista dizendo que ao se deparar com neblina na rodovia ele deve ligar o farol alto. E o ‘Responsa’, o arqui-inimigo das más ideias, que orienta o usuário da rodovia com dicas para uma viagem segura e tranquila. 

A CCR NovaDutra está comprometida em proporcionar uma viagem segura ao usuário e, por isso, oferece informações que podem contribuir para um comportamento responsável no trânsito e, consequentemente, uma viagem mais tranquila”, afirma o gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio.

De janeiro a dezembro de 2018 foram registradas 27 ocorrências em situações com neblina na rodovia. Sendo que 17 ocorreram entre os meses de maio e setembro, período de maior incidência do fenômeno na rodovia.

Como fazer uma viagem segura, em caso de neblina:

– Reduza gradualmente a velocidade;

– Mantenha distância segura do veículo à frente;

– Nunca utilize o farol alto;

– Nunca pare na pista. Evite parar no acostamento e, se precisar estacionar, pare fora da rodovia, em um posto de serviços;

– Nunca acione o pisca-alerta com o veículo em movimento. Os motoristas que vêm atrás podem pensar que o seu veículo parou na pista;

– Atenção às mensagens dos painéis de mensagens variáveis (PMVs) espalhados ao longo da rodovia.

Trechos com maior incidência de neblina nesta época do ano:

Trecho paulista

Entre o km 170 e o km 212 (Guararema/Santa Isabel/Arujá/Guarulhos)

Entre o km 159 e o km 175 (Jacareí)

Entre o km 121 e o km 157 (Caçapava/São José dos Campos)

Entre o km 115 e o km 119 (Taubaté)

Entre o km 87 e o km 104 (Pindamonhangaba/Taubaté)

Entre o km 80 e o km 84 (Roseira/Pindamonhangaba)

Entre o km 73 e o km 75 (Aparecida)

Entre o km 59 e o km 62 (Guaratinguetá)

Entre o km 0 e o km 50 (Queluz/Lorena)

Trecho fluminense

Entre o km 313 e o km 333 (Itatiaia)

Entre o km 293 e o km 304 (Resende)

Entre o km 258 e o km 264 (Volta Redonda)

Entre o km 219 e o km 236 (Piraí)

Entre o km 216 e o km 199 (Paracambi/Queimados)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here