Campanha do agasalho em Guarulhos recebe doação de 16 mil peças da Yamaha

Um total de 16.231 peças, entre roupas, fraldas, acessórios para inverno e roupas de cama foram doadas pela Yamaha Motor para a Campanha do Agasalho 2019, promovida pelo Fundo Social de Solidariedade. A entrega aconteceu em cerimônia realizada na tarde desta quinta-feira (18) com a participação do prefeito Guti e da presidente do Fundo Social de Solidaridade, Elen Farias, recepcionados pelo diretor Financeiro e Administrativo, Armindo Martins Rodrigues, o  gerente de Recursos Humanos, Wander Freitas, a supervisora de Recursos Humanos, Rosana de Paula Miyasaki e o gerente de Relações Institucionais, Afonso João Cognino.

Guti agradeceu o empenho das equipes em conseguir as doações e ressaltou que esta ação é de grande importância para todos que participaram. “Isso muda a vida das pessoas que irão receber as doações e de vocês que se empenharam em conseguir o maior número de peças. E, por incrível que pareça, vocês conseguiram o maior número de doações exatamente em produtos que estavam com um estoque baixo. Tudo deu muito certo, afirmou.

O diretor Armindo Martins Rodrigues lembrou que o espírito de ajudar ao próximo é o que deve prevalecer. “Graças a Deus, nós não temos idéia de como é passar frio na rua. Mesmo assim, temos consciência de que existem pessoas que precisam do nosso auxilio e estamos aqui fazendo por elas. É disso que o mundo precisa, de pessoas dispostas a deixar as diferenças do lado e tornar o país um lugar melhor”, ressaltou com felicidade.

A empresa promoveu uma gincana entre os funcionários, na qual cinco times disputavam quem conseguia o maior número de doações. O primeiro lugar ficou com o Yukidaruma, que arrecadou 4.207 peças. Já o segundo e o terceiro, ficaram com os times Yamaquece e Yamafriends, respectivamente, com 4.001 e 3.785 peças.

Paulo Farnetti, membro da equipe vencedora, afirmou que esta é uma ótima oportunidade de ajudar o próximo e dar exemplo para as próximas gerações. “Existem pessoas lá fora que passam necessidades. É nosso dever ajudar”, afirmou.