Prefeitura remove construções em área pública e de proteção ambiental no Bonsucesso

A Prefeitura de Guarulhos removeu na manhã desta quinta-feira (25) duas construções irregulares não habitadas que funcionavam como comércio na avenida Florestan Fernandes, em uma área pública, e na rua Nelson Aucto de Jesus, uma área de proteção permanente (APP). Ambas estão localizadas no Jardim Santa Paula, região de Bonsucesso.

As construções em alvenaria foram desfeitas e o entulho removido. A operação foi deflagrada após denúncia de que comércios funcionavam irregularmente nos locais. A ação foi realizada pelo Departamento de Acompanhamento e Controle de Ocupações Irregulares (Dacoi) da Secretaria de Justiça, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM)  e  da Proguaru.

O Dacoi realiza a fiscalização preventiva no intuito de coibir ocupações irregulares em vias e áreas públicas, áreas de risco e de proteção ambiental. As  áreas públicas são locais destinados ao uso comum das pessoas, seja para a circulação (ruas e avenidas) ou para a implantação de equipamentos urbanos de educação, cultura, saúde, lazer e similares (praças, parques, escolas, hospitais etc).

Por sua vez, as áreas de risco, tendo em vista a integridade da população, não são apropriados para construções, já que podem ocorrer desabamentos e inundações. Por fim, as áreas de proteção permanente são locais protegidos que têm como função preservar os recursos hídricos, a fauna, a flora, a biodiversidade e o próprio solo, evitando assim transtornos para a população.

O departamento trabalha em conjunto com outros setores da Prefeitura, como as secretarias de Meio Ambiente, de Habitação e Desenvolvimento Urbano, de Assuntos para a Segurança Pública e Proguaru.