Assassinato de comerciante gera protesto na Vila Augusta

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Diversos moradores e comerciantes realizaram um protesto na noite desta segunda-feira (12), às 18h, na rua Cônego Valadão, na altura do n° 1285, no bairro da Vila Augusta após o assassinato de Wilson Shumio Koga, 55,  proprietário do mercadinho Avícola e Mercearia Ipanema.

Munido de faixas e flores, os moradores pediram mais policiamento no bairro, além de realizar uma homenagem ao comerciante. O protesto foi encerrado por volta das 18h40, quando o tráfego de veículos pela via começou a voltar ao normal, com o auxílio de agentes da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU).

O mercadinho esteve fechado nesta segunda-feira, onde moradores colocaram flores em frente ao estabelecimento com mensagens de apoio para a família. No momento do protesto, uma enorme faixa com a bandeira do Brasil cobriu toda a frente do mercadinho, porém, dentro da bandeira, havia uma faixa de cor preta, em referência ao luto de Koga.

O comerciante foi assassinado a facadas durante um  assalto na noite de sábado (10), às 21h. O criminoso levou dinheiro do caixa e de acordo com a polícia, fugiu ao lado de outros três homens em um veículo de modelo GM/Chevette. O enterro de Koga ocorreu na tarde de domingo (11), às 17h, no Cemitério São Judas Tadeu, no bairro do Picanço.

Comerciante trabalhava no bairro há mais de 40 anos

Segundo o irmão da vítima, Ruben Yugi Koga, 59, proprietário de um estacionamento localizado na mesma rua e a poucos metros do estabelecimento do irmão, Koga trabalhava no local há 44 anos. “Ele trabalhava com a esposa, comprou o terreno e montou o mercado. Já estava trabalhando nesse local há 44 anos”, destacou o irmão da vítima, alegando que Koga deixa mulher e um filho de 24 anos.

O irmão informou à reportagem que o comerciante foi assaltado também na quinta-feira (08). “No sábado vieram novamente e roubaram. Creio que ele deve ter reconhecido o assaltante e tentou reagir”, informou o irmão.

O HOJE compareceu ao local na manhã desta segunda-feira, às 11h30, e conversou com comerciantes, que destacaram além da falta de segurança, a bondade de Koga ao ajudar as pessoas. “Conhecia ele há muitos anos, era uma pessoa extremamente boa e muito tranquilo. Tenho reclamações de clientes que já foram assaltados na rua”, afirmou uma comerciante que preferiu não se identificar.

PM apreende adolescente e detém três homens suspeitos de participar no crime

Na manhã do domingo, policiais militares do 15° Batalhão, prenderam três homens e apreenderam um adolescente no bairro da Vila Galvão, acusados de participar no crime. Os policiais também apreenderam o veículo GM/Chevette, que teria sido utilizado durante a fuga dos indivíduos.

O boletim de ocorrência foi registrado no 2° Distrito Policial. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP), não comentou sobre os casos da falta de segurança no bairro, apenas destacou a prisão dos suspeitos.  “Três homens foram presos e um adolescente apreendido na manhã deste domingo (11), em Guarulhos . O grupo teve participação na morte de um comerciante, na noite de sábado (10), durante um assalto ao seu estabelecimento, na Vila Augusta. Na ocasião, a vítima foi esfaqueada ao tentar impedir o crime”