Administração municipal quer obrigar condomínios a fazer poda de árvores

Antônio Boaventura

[email protected]

O prefeito Guti (PSB) quer repassar a responsabilidade da prefeitura em realizar a poda de árvores em áreas particulares para os gestores dos condomínios da cidade .A proposta em tramitação na Câmara Municipal  também prevê a revogação da lei n.º 6.315, de autoria do vereador Geraldo Celestino (PSDB), que prevê o contrário.

“[Quero] ressaltar que atualmente todos os municípios brasileiros passam por severas dificuldades orçamentárias, não excluindo a cidade de Guarulhos que, na assunção de sua responsabilidade, busca diariamente o cumprimento de todos os seus deveres e obrigações, sempre atendendo sobremaneira aquelas que necessitem de prioridade”, disse Guti.

A lei aprovada em novembro de 2007 pelo ex-prefeito Elói Pietá (PT) atribui a administração pública a responsabilidade do serviço de poda de árvores em condomínios residenciais populares de interesse social. As despesas decorrentes da execução correrão por conta de verbas próprias consignadas em orçamento, suplementadas se necessárias.

A proposta elaborada pelo prefeito Guti é similar a um projeto de lei apresentado na Câmara Municipal de São Paulo pelo vereador Fernando Holiday (DEM). Por lá, caso a sugestão do democrata seja aprovada, irá permitir a poda de árvores em locais particulares mediante a contratação do serviço autorizado por um engenheiro agrônomo.

Foto: Ivanildo Porto