Suposta troca de tiros no Vila Fátima termina com dois suspeitos mortos pela Rota

Troca de tiros no Vila Fátima
Foto: Divulgação PM

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]

Dois suspeitos de roubar um veículo de modelo Honda HRV, foram mortos durante uma suposta troca de tiros com policiais da Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (Rota), na rua Nivaldo Romério, no bairro Vila Nossa Senhora de Fátima. Até o momento, apenas um suspeito foi identificado, Felipe Zacharias, 25, que já teria antecedentes criminais por roubo e falsa identidade.

O caso ocorreu na noite de sábado (28), por volta das 22h. De acordo com o boletim de ocorrência lavrado no 1° Distrito Policial, como morte por intervenção policial, os policiais da Rota afirmaram durante depoimento que realizavam patrulhamento ostensivo na cidade, quando  foram informados de que um veículo havia sido roubado por volta das 16h do mesmo dia, na rua Hungria, no bairro do Jardim das Nações, onde a dupla também teria efetuado roubo a uma residência.

Além destes casos, a dupla também teria roubado um transeunte, próximo a Praça Vaticano. Os policiais da Rota teriam sido avisados que os dois indivíduos teriam tentando efetuar mais um roubo de veículo por volta das 21h, dessa vez, no Jardim Rizo. Segundo a versão dos policiais, pela rua Nivaldo Romério, o veículo que estaria os suspeitos teria vindo de encontro a viatura, e quase teria ocorrido uma colisão.

Os policiais informaram também que a dupla abandonou o carro, deixando as portas abertas e passaram a efetuar disparos contra a Rota. Os agentes revidaram e acabaram baleando os indivíduos, que mesmo sendo socorridos para o Hospital Geral de Guarulhos (HGG), no Parque Cecap, não resistiram aos ferimentos e morreram. Nenhum PM ficou ferido durante a ação.

Consta no boletim de ocorrência de que com Zacharias foi apreendido pela PM um revólver calibre 38. Segundo a polícia, as vítimas teriam reconhecido os suspeitos como autores dos roubos  através de fotografias.

Setor de Homicídios investiga o caso

O Setor de Homicídios e Proteção à Pessoa de Guarulhos (SHPP) está investigando o caso, e compareceu ao local da ocorrência na noite de sábado (28). A vítima que teve o veículo roubado informou durante depoimento para a Polícia Civil, de que estava estacionando o carro, quando um dos indivíduos que estaria armado com um revólver bateu no vidro e abriu a porta ao lado do motorista, anunciando o assalto.

A vítima teve o carro roubado pelos suspeitos e também um aparelho celular, avaliado em R$ 2.500. O segundo assalto da dupla, ocorreu em um bar próximo a Praça do Vaticano, no Jardim das Nações, quando os suspeitos teriam roubado os objetos pessoais das vítimas que estavam naquele estabelecimento.

Foram realizados exames periciais no local da suposta troca de tiros, além de ser requisitado exame residuográfico para as mãos dos indivíduos e de todos os policiais que efetuaram os disparos. As armas dos policiais e do suspeito foram apreendidas. Até o fechamento desta edição, o corpo do segundo suspeito ainda permanecia no Instituto Médico Legal (IML), sem identificação.