Nove pessoas são presas e PF apreende quase 70 kg de drogas no Aeroporto de Guarulhos

A Polícia Federal (PF) prendeu, entre sábado (30) e domingo (01), no Aeroporto Internacional de São Paulo-Guarulhos, nove passageiros de voos internacionais com drogas nas bagagens. Em 10 ações distintas realizadas junto aos balcões de check-in, controle migratório e porões de bagagens despachadas, foram apreendidos mais de 70 kg das drogas cocaína e haxixe.

No sábado (30), foram realizadas cinco prisões. Com um brasileiro, que pretendia embarcar para Hong Kong, na China, quase 6 kg de cocaína foram encontrados dentro de embalagens para refresco em pó. Dentro de quatro malas pertencentes a um nigeriano que embarcaria para Addis Ababa, na Etiópia, policiais federais, com o auxílio de cães farejadores, encontraram mais de 5 kg de cocaína ocultos em suas estruturas. Uma brasileira tentou embarcar para Paris, na França, com mais de 1 kg de cocaína oculto em suas roupas íntimas. No controle migratório, uma venezuelana foi detida com 3 kg de cocaína em fundos falsos de sua bagagem de mão. A mulher pretendia embarcar para Joanesburgo, na África do Sul. Dezesseis tijolos compostos por cocaína prensada, cujo peso somou 16 kg, foram encontrados dentro de duas mochilas pertencentes a uma brasileira que viajaria para a cidade do Porto, em Portugal.

No domingo (1), os policiais foram acionados em razão de uma mala, sem identificação, ter sido encontrada pelos funcionários que processam as bagagens junto às esteiras. A mala foi submetida ao raio-x e foi detectado conteúdo suspeito. Após a realização da perícia na bagagem suspeita, foram encontrados mais de 20 kg de cocaína, cujo destino seria a França. Foi instaurado inquérito policial para se apurar os responsáveis pela tentativa de inserção do material ilícito. Em outra ação, quase 3 kg de cocaína foram encontrados dentro de latas que estavam na mala de uma venezuelana que pretendia embarcar para Addis Ababa, na Etiópia. Para o mesmo destino, foram interceptados outros 3 kg de cocaína que estavam ocultos em fundos falsos da mala pertencente a um brasileiro. Proveniente de Frankfurt, na Alemanha, um brasileiro foi flagrado por servidores da Receita Federal com quase 13 kg de haxixe. A droga estava dividida em 256 volumes ocultos em fundos falsos de uma mala. A última prisão do fim de semana foi de uma mulher, nacional do Peru, que pretendia embarcar para Amsterdã, na Holanda, levando 2 kg de cocaína ocultos também em um fundo falso da sua mala de viagem.

Os presos serão conduzidos aos presídios estaduais, onde permanecerão à disposição da Justiça.