Padarias cumprem decreto de Guti e não atendem clientes no balcão

Foto: Ivanildo Porto

A proibição do funcionamento de restaurantes em Guarulhos, que teve início nesta segunda-feira (23) por meio de decreto assinado pelo prefeito Guti (PSB), também atingiu as padarias que servem refeições. As medidas determinadas pelo Executivo, autorizam o funcionamento de padarias – consideradas serviços essenciais, mas sem atendimento no balcão.


“Estamos cumprindo com rigor a determinação do prefeito Guti. Refeições só pelo serviço delivery ou o consumidor prepara sua marmita e leva para comer em casa. Nem cafezinho estamos mais servindo no balcão”, contou Artur Nascimento Vaz, proprietário da Padaria D’Ville, no Jardim Iporanga.


Segundo ele, desde a semana passada, o movimento na padaria despencou em até 60%, “A situação é, realmente, muito delicada. Temos contas a pagar e nossos funcionários também precisam receber seus salários para alimentarem as famílias. Não sabemos como será o dia de amanhã”, afirmou Vaz.


O HOJE também acompanhou o funcionamento nas padarias Maria Cereja, no Bosque Maia, e a Favos de Mel, na região do Picanço. Elas também suspenderam o serviço de almoço e estão cumprindo a quarentena determinada por Guti.