Moradores das vilas Cristina e Leon recebem título de propriedade após décadas de espera

Asunto:Entrega de Títulos Vila Cristina Local: Rua Ana Gomes Corrêa, 28, Jardim Jade Data:13/08/2020 Foto:Márcio Lino/PMG

A Prefeitura de Guarulhos finalizou a regularização de mais 50 lotes. Destes, 32 são na Vila Cristina (região do Jardim São João) e outros 18 na Vila Leon (região do Parque Santos Dumont). O prefeito Guti esteve nos núcleos urbanos nesta quinta-feira (13) para entregar os títulos de propriedades aos moradores, acompanhado do diretor de Assuntos Fundiários, Valmir Almeida, representando o secretário de Habitação, Silvio Figueiredo.

Segundo o prefeito, um dos projetos habitacionais de sua gestão é promover a regularização fundiária no município. “Entregamos hoje 50 títulos de propriedade e estamos trabalhando muito para fazer a regularização. Regularização fundiária, entregar título de posse é o que precisa ser feito. Esse é o verdadeiro projeto habitacional que a Prefeitura de Guarulhos começou a fazer nessa gestão e está dando muito certo. O trabalho não para”, afirmou o chefe do Executivo.

Aos 95 anos, Maria Clemência de Jesus Oliveira, uma das contempladas com a entrega do título de posse na Vila Cristina, destacou o sacrifício do marido para aquisição da casa própria. “Moro aqui faz uns 40 anos. Meu marido trabalhou muito para possuir esta casa. Levantava todo dia às 5h para trabalhar. Agora é minha e não tem quem tira”, disse a moradora após receber o documento das mãos do prefeito.

Já a moradora da Vila Leon Josefa Parnaíba Gonçalves, 45 anos, desempregada, abordou a importância do título de propriedade. “Faz uns 23 anos que espero esse documento. É uma felicidade muito grande receber a escritura, porque agora eu sei que é minha. A escritura de uma casa é tudo pra gente. Sem ela a minha casa não tem valor”, disse Josefa.

O diretor de Assuntos Fundiários ressaltou a satisfação em participar das entregas. “É gratificante fazer parte de um momento tão importante para o município e ver o resultado da regularização fundiária, com as famílias recebendo seus títulos de propriedade”, disse Valmir.

Segundo a Secretaria de Habitação, a Vila Cristina começou a se desenvolver há cerca de 19 anos em uma área pública. Já em meados de 2005 foi iniciado o processo de formação da Vila Leon em um espaço particular.

A regularização fundiária nessas duas localidades é garantida pela lei municipal 7.804/2019 (Reurb) e pela lei federal 13.465/2017, as quais garantem mais agilidade e segurança jurídica para a aprovação dos projetos.